quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Rosalba deverá ficar com apoio de apenas quatro deputados na Assembleia


Apesar de provocar mudanças em todo o panorama político do RN, a reação do presidente Ricardo Motta vai resultar em uma alteração, principalmente, na Assembleia Legislativa, reduzindo a bancada governista a, apenas, quatro parlamentares (das 24 cadeiras que a Casa tem): Getúlio Rêgo, José Adécio e Leonardo Nogueira, os três do DEM, e Antônio Jácome, do PMN.


Isso porque essa nova sigla de Ricardo Motta, o PROS deverá ter um perfil oposicionista no RN, se somando ao bloco de oposição já composto por PMDB (Hermano Morais, Nélter Queiroz, Gustavo Fernandes e Walter Alves), PSB (Márcia Maia, Tomba Farias e Larissa Rosado) e mais Fernando Mineiro (PT), Agnelo Alves (PDT), Fábio Dantas (PC do B), Gesane Marinho e José Dias (PSD). Kelps Lima, também sem partido, deverá ir para o Solidariedade. 

fonte: Blog do JP