sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Justiça decreta prisão preventiva de advogada acusada de matar marido em Pau dos Ferros



Ontem pela manhã, a advogada Cleidimar Oliveira Dantas, acusada de matar a tiros o esposo, o também advogado Lafayette Dantas Barbosa Júnior, teve a sua prisão preventiva decretada pela Justiça de Pau dos Ferros. No final da manhã de ontem, a advogada estava sob escolta policial no hospital local. As informações são do Jornal O Mossoroense.

Conforme a Polícia Civil, Cleidimar Oliveira estava em estado de choque e sem condições de prestar depoimento sobre o assassinato a ela atribuído. O delegado Inácio Rodrigues, titular da DP Regional de Pau dos Ferros, disse em entrevista a um programa de televisão que após a advogada receber alta médica será encaminhada a uma unidade da Polícia Militar de Natal.

O CRIME - O assassinato do advogado Lafayette Dantas ocorreu por volta das 9h da última quarta-feira, quando ele foi atingido a tiros de revólver calibre 38, na cabeça, após uma discussão acalorada entre o casal.


O corpo do advogado Lafayette Dantas foi sepultado ontem na cidade de Sousa (PB), de onde era natural. Os advogados eram casados há mais de 20 anos e tinham dois filhos, de 17 e 21 anos.



fonte: Blog do JP.