sábado, 5 de abril de 2014

Chuva de 200mm destrói açude no Alto Oeste





As chuvas registradas nas últimas 24h no Rio Grande do Norte atingiram 200mm na zona rural de São Francisco do Oeste. Os moradores da região disseram que, embora o registro no posto de monitoramento da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande Norte (EMPARN) tenha sido de 156mm, um pluviômetro particular instalado no sítio Caiçara de Chico Barreto 115, área rural da cidade, registrou 200mm, que foi suficiente para destruir um açude de pequeno porte da região. “O rio Apodi-Mossoró, que passa pela cidade, está com a maior cheia dos últimos três anos”, disse o produtor rural Francisco Leite.
Embora de menor intensidade, foi registrada chuva em 46 postos de monitoramento da Emparn. As maiores precipitações foram registradas na região do Alto Oeste.

A previsão do tempo pelos meteorologistas da Emparn para o final de semana é de céu parcialmente nublado e ocorrência de chuvas em todas as regiões do Estado, devido às instabilidades associadas à presença da Zona de Convergência Intertropical.

De acordo com Gilmar Bistrot, chefe do setor de meteorologia da Emparn, a previsão é que as chuvas continuem no Estado por mais alguns dias. “As chuvas no interior estão bem distribuídas, dentro da média para o período chuvoso no Semiárido, entre o final de fevereiro e maio”, explicou.


De acordo com o meteorologista, quem começou a plantar não passará por grandes riscos, já que o solo apresenta condições ideais, tendo em vista que as chuvas têm sido intercaladas com alguns períodos de sol forte. “Muitos agricultores já plantaram, e não devem correr riscos, nem por falta de chuva nem por excesso nem por falta de chuvas. As condições estão boas e, mesmo que as chuvas sejam fracas, trarão boas condições para o solo e desenvolvimento da agricultura", garante Bristot.

CURTA: FACEBOOK.COM/PORTALRAFAELFERNANDES


fonte: Blog do JP.