segunda-feira, 9 de junho de 2014

MARTINS-RN: Grave acidente na serra por pouco não ceifou a vida de duas pessoas



No início da noite de sexta-feira(06), um caminhão da empresa de distribuição de alimentos, denominada Expresso Alto Oeste, da cidade de Mossoró-RN, caiu no abismo da ultima curva da serra de Martins.

Os ocupantes do caminhão, o motorista Roberto Gomes da Silva, 35 anos, e seu ajudante João Soares da Costa, 48 anos, ambos residentes em Mossoró, ficaram presos as ferragens após o repouso final do caminhão. 

O cidadão conhecido por João de Fogoso, natural de Umarizal, mas que reside nas proximidades do local do acidente, foi um dos primeiros a chegar e passou a prestar os primeiros socorros, principalmente na ajuda ao senhor João Soares, pois esse estava com a metade do corpo para fora da cabina, e a outra metade presa as ferragens, e também era o que se encontrava em estado mais grave, devido uma fratura exposta em um dos braços. 

Após a Polícia Militar ao ser acionada, os Policiais de Martins, com a ajuda do policial Roberto de Serrinha dos Pintos e vários populares que passavam pelo local, passaram a tentar tirar as vítimas das ferragens. O corpo de Bombeiros de Pau dos Ferros foi acionado, mas antes que eles chegassem, as vítimas foram retiradas das ferragens e socorridas para o hospital da cidade. 

O médico de plantão após examinar as vítimas, constatou que o motorista havia sofrido apenas escoriações e machucados, o qual foi liberado, enquanto o ajudante foi conduzido em uma ambulância para a cidade de Mossoró. 

Após as vítimas terem sido socorridas, os policiais tiveram que abandonar o local devido uma denuncia de tentativa de assalto na estrada ali próximo, e quando retornaram ao local do acidente, todos os produtos como macarrão e bolachas, haviam sido saqueados por curiosos que se encontraram em seus veículos na subida da serra, no momento do salvamento. Ainda durante a madrugada furtaram o estepe, a bateria e outras peças do caminhão.

Já na manhã de sábado, o proprietário da empresa esteve na cidade de Martins, e informou aos Policiais Militares que nem o caminhão, nem a carga estavam assegurados. Lamentável.





fonte: Nosso Paraná
imagem: pesquisa Google