segunda-feira, 16 de junho de 2014

Sede da Copa, Natal entra em estado de calamidade após deslizamentos

Chuva abre cratera e casas correm risco de desmoronamento em Mãe Luíza (Foto: Everaldo Costa/G1)


A Prefeitura de Natal decretou estado de calamidade pública por 180 dias no município devido aos deslizamentos de terra e transbordamentos de lagoas de captação registrados no sábado (14) e domingo (15). O documento, assinado pelo prefeito Carlos Eduardo, foi publicado na edição desta segunda-feira (16) do Diário Oficial do Município (DOM). Natal é uma das sedes da Copa do Mundo. Nesta segunda, a cidade recebe a partida entre Gana e Estados Unidos, válida pelo Grupo G do Mundial. Mesmo com as chuvas, o jogo está confirmado. A Polícia Militar orienta que os turistas que estejam na Via Costeira sigam para a Arena usando a avenida Engenheiro Roberto Freire.

O temporal provocou o "deslizamento de encosta, comprometendo entre 20 a 40 residências na rua Guanabara, no bairro de Mãe Luíza afetando ainda outros imóveis, inclusive prédios residenciais localizados na avenida Silvio Pedrosa e a faixa da praia de Areia Preta".




fonte: G1 RN