segunda-feira, 9 de março de 2015

Dilma é vaiada nas ruas de ao menos 12 capitais durante pronunciamento





A presidente Dilma Rousseff foi vaiada nas ruas de ao menos 12 capitais durante pronunciamento de rádio e TV neste domingo (8), por ocasião do Dia Internacional da Mulher. Durante a fala, motoristas fizeram buzinaços em São Paulo, Brasília, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Vitória, Curitiba, Porto Alegre, Goiânia, Belém, Recife, Maceió e Fortaleza.

Em São Paulo, nas janelas dos prédios, moradores batiam panelas, xingavam a presidente, enquanto piscavam as luzes dos apartamentos. No bairro de Pinheiros, zona oeste, as buzinas e gritos da “Fora, Dilma!” e “Fora, PT!” começaram assim que foi ao ar o pronunciamento, e duraram até três minutos depois do final da transmissão. As pessoas gritavam das janelas dos prédios, principalmente, mas também de dentro dos carros.

No Rio, gritos e vaias durante o pronunciamento da presidente foram ouvidos em diversos bairros, como Copacabana, Leme (na zona sul), Méier, Tijuca (bairros de classe média da zona norte), Santa Teresa (centro) e Barra da Tijuca, bairro nobre da zona oeste. Em alguns locais, segundo relato de moradores, pessoas saíram às janelas batendo panelas e motoristas que estavam nas ruas buzinavam durante o discurso de Dilma na TV. Na Barra, o protesto foi mais intenso e, em vários prédios e condomínios, moradores se manifestaram contra a presidente.

Imagem: Pesquisa Google.

Fonte: Blog do JP.