quarta-feira, 15 de abril de 2015

Naufrágio do Titanic completa 103 anos

Momento em que o navio se parte entre a 3ª e a 4ª chaminé (Ilustrativa).


Nesta quarta feira (15), um dos maiores naufrágios de todos os tempos completa 103 anos. Nesta exata data, o Titanic levava consigo para o fundo do Oceano Atlântico mais de 1500 vidas e entrava para a história negativamente como o navio que não deu certo.

Imagem do possível iceberg, esta foto foi feita por um navio que passava pelo local
do naufrágio na manhã de 15 de abril de 1912.

O Titanic teve sua construção iniciada em 1909, pelos estaleiros Harland and Wolff, na Irlanda do Norte, a pedido da empresa White Star Line, para competir com os grandes navios de sua concorrente, a Cunrad Line.  Teve o lançamento de seu casco ao mar em 1911, e ficou pronto para viagem um ano depois.

Para a época, o Titanic era o mais belo navio que já havia sido construído até então. Carregava consigo algumas das pessoas mais importantes do cenário econômico, como Jacob Astor. Até mesmo a terceira classe, cujo local era destinado as pessoas com pouco recurso, eram bem aconchegantes. 

O grande navio tinha como destino a cidade de Nova York. Comandado pelo experiente capitão Edward J. Smith, que buscava sua aposentadoria após a viagem, o Titanic saiu do Porto de Southampton na quarta feira 10 de Abril. 

Após passar 4 dias no mar, na manhã de domingo 14, começa a receber avisos de gelo das embarcações mais próximas. As 23:40 horas, a escuridão era grande e o mar estava calmo. Os vigias do mastro, que estavam sem binóculos, avistaram de longe uma massa escura, que foi identificado como um Iceberg.  Após a comunicação demorada com a Ponte de Comando, o navio começa a manobra para desviar do Iceberg. Porém, como vinha em velocidade máxima, a distância era muito curta. O choque aconteceu ao lado Estibordo (direito) do navio, e foi arrancado os rebites do casco. Após verificação de avarias, foi determinado que o Titanic tinha apenas mais 1h30 de vida. Com 2.223 pessoas a bordo, e com apenas 20 botes disponíveis, era quase como uma tragédia anunciada. Os tripulantes começaram a colocar primeiro mulheres e crianças nos botes e distribuíram os coletes de salva vidas e orientaram a usar casacos, pois a noite era fria. Conforme a água ia invadindo o casco, o navio começava a afundar mais pela proa. O desespero causou grande pânico entre os passageiros, que se viravam para conseguir salvar a vida. Ás 2h, a Popa do Titanic ficou completamente levantada e devido a pressão feita pela água que invadia a proa, parte-se entre a 3ª e a 4ª chaminé. O navio foi sucumbido totalmente as 2:20 da manhã de segunda feira 15 de abril, levando consigo mais de 1500 pessoas.
Imagem real de um dos botes com alguns dos sobreviventes
no momento do resgate.

O Naufrágio do Titanic causou grande comoção há época. Após a tragédia, muitas leis foram modificadas, como a de ter botes de salva vidas para todos a bordo e foi criada a Patrulha Internacional do Gelo, que ajuda as embarcações a monitorar os Icebergs. Os destroços do Titanic viriam a ser encontrados apenas em 1985, pelo Oceanógrafo Robert Ballard.

O Titanic permanece marcado na cultura, na memória e na história da humanidade, neste dia  as nossas homenagens a todos que fizeram parte da história deste navio, desde a sua construção,  aos que de alguma forma contribuíram para o resgate dos sobreviventes.

Em memória as 1.500 vítimas do naufrágio.

Da redação com informações: blastingnews.com
Imagens: Pesquisa Google.