sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Grupos Culturais de Major Sales são destaques no 51ª Festival do Folclore de Olímpia/SP




Patrocinados pela Prefeitura Municipal como incentivo e valorização da cultura popular, os grupos de Caboclos e Rei de Congo do Mestre de Bebé de Major Sales, participaram no período de 08 a 16 de agosto/2015 da 51ª edição do Festival do Folclore de Olímpia em São Paulo, na oportunidade representaram o estado do Rio Grande do Norte no evento que é considerado um dos mais importantes do País, reunindo grupos folclóricos e Para- folclóricos de todo o Brasil. Durante o festival os olhares de apreciadores da cultura de todo o mundo se voltam para Olímpia que já é reconhecida como a capital do folclore.



Uma comitiva com 50 jovens liderada pelo Mestre Bebé embarcaram de Major Sales na tarde de 06 de agosto e retornaram na última quarta-feira, 19, durante esse período cumpriram em Olímpia/SP uma agenda lotada de apresentações e visitas a pontos históricos e escolas transmitindo o conhecimento popular e a cultura de Major Sales para crianças, jovens, adultos e idosos.



Segundo a coordenação, nas pessoas do Mestre Bebé, Simone Silva e Alcivan Alves, os grupos ganharam a simpatia dos olimpienses e visitantes de todo o Brasil que prestigiavam o festival. No palco principal do evento os Caboclos e Rei de Congo eram aplaudidos fervorosamente todas as noites, a musicalidade e a dança típica do nordeste e especialmente de Major Sales ganharam a graça de todos. Diversas entrevistas foram concedidas a rádios, jornais e programas de TV. Alunos de Universidades Federais e Estaduais de São Paulo procuraram os grupos em busca de informações, pois os mesmos servirão de base para a produção de artigos científicos, o que engrandece ainda mais a cultura majorsalense.



Para o prefeito Thales Fernandes que fez questão de prestigiar pessoalmente os grupos em Olímpia/SP, o momento é de alegria e reconhecimento de um trabalho que vem sendo feito com muito esforço, buscando sempre preservar a tradição e manter a cultura popular como uma das vias principais para a garantia da dignidade e da cidadania do povo majorsalense.