terça-feira, 13 de outubro de 2015

Conheça um pouco da história dos andores que conduzem a imagem na Festa de Santa Luzia em Rafael Fernandes

Andor de Santa Luzia, festa do ano de 1997, este modelo era composto por mãos que
seguravam o globo terrestre com a imagem de Luzia ao centro com raios luminosos. 




Você conhece a maneira que é preparado os tradicionais andores de Santa Luzia?, Uma tradição que se arrasta por décadas em nossa festa, é a confecção dos andores de Santa Luzia. 


Festa de Santa Luzia, ano de 1999, modelo com colunas e um arco de flores. 


Estes por sua vez, com suas belezas exuberantes enriquecem as procissões de encerramento. As flores são doadas por uma lista de mais de 150 mulheres da comunidade, entre elas, devotas, jovens, idosas e até mesmo evangélicas, que mesmo professando outra fé, conservam essa tradição. 


Este andor tinha iluminação feita por tochas  dentro de vasos de barro que
foram acessas durante a procissão, ano de 2001.


Anualmente é pensado ...andores de acordo com a temática da festa, e sua estrutura, em ferro, madeira ou em quer que seja, assim como as flores são frutos de doação. Dezenas de pessoas são envolvidas nesse projeto, desde as que pensam, que executam e que acompanham até o fim. 


Andor do ano de 2012, neste modelo a Imagem de Santa Luzia ao centro de
uma coluna de flores girava em 360º graus.

O andor oficial de Santa Luzia tradicionalmente começa a ser montado dia 12 de dezembro após a última noite de novena, em lugares estratégicos. Os integrantes da equipe abdicam do tradicional barracão de Santa Luzia para passar a noite preparando a parte: estrutural, elétrica, assim como todos os adornos. Nessa vigília de arrumação também são feitos todos os testes necessários. A noite inteira e ainda pela manhã muitos não participam das missas festivas para que tudo fique pronto. 

Andor do ano de 2013, com destaque para um coração feito de flores com iluminação
que mudava a cada segundo com várias  cores em sua base.

Após a missa solene, as dez da manhã a imagem é conduzida pela equipe para o lugar da preparação e enfim começa a ser colocada as flores, em clima de muita harmonia, oração e contemplação o andor fica pronto e chega a igreja no início da procissão, onde solenemente é feita a sua explicação, seguindo as ruas de Rafael Fernandes recebendo as homenagens. 


E por último a beleza e exuberância do andor de 2014, um fato importante é que
cada modelo é feito com base no tema de cada ano.

Um dado bastante importante: a imagem original de Santa Luzia saiu 64 anos consecutivos nos andores, apenas no ano de 2014 a coordenação pastoral administrativa substituiu pela réplica, sendo agora ela a venerada em todas as procissões, carreatas e romarias. A imagem original, patrimônio histórico de nossa cidade permanece sempre na igreja para veneração. 


Confira outros andores:

Ano de 1995
Ano de 2003

Ano de 2004


Ano de 2005


Da redação com Klaus Steyllon, 
Imagens: Arquivo da Igreja de Santa Luzia e Portal Rafael Fernandes