sexta-feira, 18 de março de 2016

Região Oeste é contemplada com recuperação total da malha viária



A região Oeste do Rio Grande do Norte será bastante beneficiada pelo programa de recuperação e manutenção da malha viária estadual, autorizado nesta quinta-feira (17) pelo governador Robinson Faria. Com dois distritos rodoviários, a área conta com uma rede de rodovias estaduais que interliga cidades do porte de Apodi, Pau dos Ferros e Mossoró a mais de outros 40 municípios.
A partir de Pau dos Ferros e Mossoró, sedes dos dois distritos rodoviários da região Oeste, respectivamente VI e I distritos, serão coordenados os trabalhos de recuperação das rodovias sob a responsabilidade do Governo do Estado.
As obras fazem parte de um programa focado em recuperar três mil quilômetros da malha viária do RN, que representam 100% das estradas sob a responsabilidade do Governo do Estado. As sete ordens de serviço, incluindo as duas para o Oeste Potiguar, para recuperação e manutenção da malha viária representam um investimento de R$ 24 milhões. “A meta do governo é chegarmos a 2018 com toda a malha rodoviária recuperada e entregue para a população”, afirmou Robinson Faria na solenidade de assinatura dos documentos.
De acordo com o diretor de Obras e Operações do Departamento de Estradas de Rodagem do RN (DER-RN), Caio Múcio Pascoal, o trabalho a ser feito no Oeste Potiguar consistirá em uma reparação completa das estradas que fazem as ligações entre os pequenos municípios da região.
“A malha viária estadual no Oeste não consiste em pistas de grande extensão, mas é muito capilarizada entre os municípios menores. Assim, a recuperação e manutenção desses trechos serão muito importantes tanto do ponto de vista econômico para toda região, como para o próprio deslocamento de pessoas entre as cidades”, destacou o diretor.
Os trabalhos serão efetuados na região pelas empresas FEC Construções (VI Distrito – Pau dos Ferros) e a Potiguar Construções e Incorporações (I Distrito – Mossoró), sob a supervisão das respectivas chefias distritais do Departamento de Estradas.
De acordo com a ordem de serviço assinada nessa quinta-feira, a contratação inicial das empresas é por um ano. Durante este período, elas serão responsáveis por toda a manutenção nas pistas estaduais da região. O contrato pode ser renovado por mais quatro anos, chegando ao total de cinco anos garantidos com a manutenção e reparos nas rodovias estaduais. A previsão do DER-RN é que a ação das empresas seja iniciada ainda no fim de março deste ano.
O diretor-geral do DER-RN destacou que o pacote de obras apresentado faz parte de um marco na história do Rio Grande do Norte. “A rodovia é a artéria de qualquer estado. Pelas estradas passam a riqueza, a educação, a saúde e a segurança. E isso que estamos fazendo hoje pela recuperação das estradas não é promessa, é fato. As estradas do estado têm um horizonte iluminado. Foi-se o tempo do abandono, chegou o tempo do trabalho”, pontuou Jorge Fraxe.


Blog do JP.