sexta-feira, 26 de maio de 2017

Mulher e bebê morrem em maternidade de Cajazeiras-PB



A jovem Cicera Venceslau, 28 anos, grávida de aproximadamente 40 semanas, quase nove meses faleceu nessa quarta-feira (24), na Maternidade Dr. Deodato Cartaxo, em Cajazeiras. A criança também foi a óbito.



Familiares confidenciaram a reportagem do Diário do Sertão que a mulher estava se queixando de muitas dores e levada à maternidade na terça-feira (23).
A irmã que a acompanhou a grávida até a maternidade, Damiana dos Santos contou que ela reclama de dores no peito. “Ela fez exame médico e não foi constatado nada e a médica mandou ela pra casa”.
Damiana dos Santos explicou que irmã retornou no mesmo dia para a maternidade e durante a madrugada a grávida reclamou de dores nas costas e apresentou pressão arterial alta. “Ela dormia, mas acordava e dizia que estava com dores. Corria e chamava as enfermeiras e elas diziam que ia passar. Elas diziam que era coluna”. Contou a irmã
Ela revelou que por volta das 5h já da quarta-feira, Cicera Venceslau se queixou de tontura, momento que estava sentada na cama e caiu. “Foi logo perdendo as forças e ficando roxa”.
Chorando a irmã disse ter suplicado ao médico de plantão pela vida de Cicera. “Dr. Brasileiro pelo o amor de Deus salve ela. Aí ele disse que não poderia fazer mais nada”. Disse ela, acrescentando que a grávida recebeu todo atendimento da maternidade.
Sepultamento

O velório de Cicera Venceslau, e do seu bebê aconteceram na residência da família, localizada na Rua Fausto Rolim, no Bairro São Francisco, Zona Sul de Cajazeiras.

A morte da jovem e do seu bebê chocou toda a cidade, e o sepultamento, que ocorreu nesta quinta-feira (25), reuniu amigos e familiares, em um momento de profunda tristeza.
O outro lado

A assessoria da maternidade informou a reportagem que a mulher deu entrada na maternidade às 6h da manhã da terça-feira (23), recebendo todos os cuidados necessários, mas devido ao agravamento no quadro clínico, ela foi a óbito nessa quarta-feira.


Diário do Sertão