terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

Litro de gasolina sai da refinaria por R$ 1,51 e chega ao consumidor por mais de R$ 4,35



A Petrobras divulga a partir desta segunda-feira, 19, em seu site, o preço médio do litro de gasolina e do diesel em suas refinarias e terminais no Brasil. Os valores não consideram os impostos pagos pelo consumidor. Conforme a tabela da Petrobras, a gasolina é vendida por R$ 1,51.
O que chama a atenção é que na bomba, os consumidores, a exemplo de Mossoró, chegam a pagar mais de R$ 4,30. Já o diesel, segundo a tabela da empresa, é comercializado a R$ 1,71. Em Mossoró, o combustível pode ser encontrado, por exemplo, por R$ 3,55 (comum).
Esses novos valores divulgados hoje pela Petrobras começarão a vigora a partir desta terça-feira, 20, em todo o país. Segundo a Petrobras, a média nacional considera os preços à vista, sem encargos, praticados nos diversos pontos de venda, que variam ao longo do território nacional, para mais ou para menos em relação à média.
“As revisões de preços feitas pela Petrobras podem ou não se refletir no preço final ao consumidor. Como a legislação brasileira garante liberdade de preços no mercado de combustíveis e derivados, a mudança no preço final dependerá de repasses feitos por outros integrantes da cadeia de combustíveis”, informou a empresa.
Reajuste acumulado
Segundo os dados da ANP, o preço médio da gasolina em outubro de 2016 – quando foi adotada a nova política de preços da Petrobras – era de R$ 3,69 por litro. Em fevereiro de 2018, havia subido para R$ 4,23 o litro. Houve, portanto, uma variação de 54 centavos. Neste total, os ajustes feitos pela Petrobras respondem por 9 centavos, ou seja, um sexto do ajuste total.