quarta-feira, 31 de outubro de 2018

Polícia Militar age rápido e prende suspeito de tentativa de homicídio, na zona rural de Marcelino Vieira



Uma ação rápida da Polícia Militar de Marcelino Vieira-RN no final da tarde de segunda-feira (29), resultou na prisão de Francisco Campos Ferreira, 53 anos de idade, acusado de ter tentado matar o senhor Francisco de Assis Lira, 57 anos de idade com golpes de faca, atingindo membro superior esquerdo, mão direita e outra na região dorsal. Fato ocorrido por volta das 17h40 no Sítio Curral de Pedra, zona rural do município. A Polícia não relatou o motivo da desavença entre eles.
A vítima foi socorrida para o HRCCA em Pau dos Ferros-RN.
A prisão aconteceu após o crime, onde os militares sob comando do sargento Araújo ao realizar diligência conseguiram localizar o acusado estava escondido em um ferro velho nas proximidades do ocorrido, pertencente a vítima. 
O paraibano foi preso e levado à delegacia de Polícia Civil local para serem adotadas as medidas necessárias que manda a Lei.
A arma usada no delito foi apreendida pela PM e entregue a Autoridade policial. 

Redação com Nosso Paraná

Conta de energia volta a ter bandeira amarela em novembro; Cosern dá dicas de economia




A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou na última sexta-feira (26) que a bandeira tarifária para o mês de novembro será amarela, com custo de R$ 1 a cada 100 kWh (quilowatts-hora) consumidos. Isso significa uma redução em relação aos cinco meses anteriores, quando foi acionado o patamar 2 da bandeira vermelha, que prevê cobrança de R$ 5 a cada 100 kWh.

A Companhia de Energia do Rio Grande do Norte (Cosern) ressaltou que, mesmo com a volta da bandeira amarela em novembro, o consumidor não pode relaxar na economia de energia elétrica. Por isso, a concessionária no estado divulgou uma série de dicas para ajudar a mudar alguns hábitos e atitudes do dia a dia, evitar o desperdício de energia elétrica e reduzir o valor da conta.

1 - Adquira aparelhos elétricos eficientes (e use com eficiência)

Eletrodomésticos mais antigos costumam ser menos eficientes. Se puder, substitua-os por aparelhos mais novos e com selo PROCEL de eficiência energética. Isso irá ajudar muito na economia de energia e na redução das contas. Pesquise os modelos e funções para saber quais são mais eficientes. Na hora de usar, estude o manual para maximizar o uso e minimizar o gasto de energia.

2 - Desligue o computador se não for utilizá-lo dentro de uma hora

Algumas pessoas acham que deixar o computador ligado 24 horas consome menos energia do que ligá-lo e desligá-lo a cada uso, mas não funciona assim. O monitor pode ser desligado sempre que o usuário se ausentar do ambiente. Se as pausas entre os usos forem longas, de mais de uma hora, por exemplo, o ideal é desligar tudo. Se puder, opte por laptops, que costumam ser mais econômicos.

3 - Fique de olho no carregador de celular

Não deixe o carregador de celular na tomada sozinho ou depois que o aparelho estiver completamente carregado. Além de evitar acidentes domésticos, mesmo por poucos instantes, ele consome energia elétrica.


4 - Aproveite a luz natural

Além de ser confortável para os olhos, aproveitar a luz natural do dia ajuda a reduzir o desperdício de energia. Evite acender luzes em ambientes já naturalmente iluminados, dê preferência por lugares com janelas amplas e paredes claras.

5 - Evite usar a função stand-by dos aparelhos

Nunca deixe os aparelhos ligados na tomada em "stand-by", o famoso "modo espera" que permite ligar o equipamento diretamente. Não há necessidade de continuar consumindo energia se você não os está utilizando. Prefira tirar o eletrodoméstico da tomada quando não estiver em uso, mesmo que você não ache prático. Neste caso, a comodidade não compensa o desperdício.

6 - Escolha lâmpadas LED

Mesmo que as lâmpadas LED sejam mais caras, a economia de longo prazo compensa os custos iniciais porque elas duram mais. Dê preferência a lâmpadas LED para a cozinha, área de serviço e outros locais que fiquem com as luzes acesas mais de quatro horas por dia.

7 - Retire as lâmpadas fluorescentes compactas queimadas do bocal.

O reator acoplado pode consumir energia, caso o interruptor esteja ligado.

8 - Utilize a função “timer” das TVs

O televisor é responsável por cerca de 5% a 15% do consumo total de uma residência, por isso, evite dormir com televisores ligados. É um consumo de energia desnecessário. Se você já sabe que costuma pegar no sono assistindo à televisão, utilize a função “timer” ou “sleep”, presente na maioria dos modelos e programe o aparelho para que ele desligue sozinho.

9 - Estabilize a temperatura do ar condicionado

Para economizar energia, não é preciso sofrer e desligar o ar condicionado nesse calorão. Deixar o aparelho em uma temperatura estável refresca e ajuda a reduzir o valor das contas. Uma dica é regular o termostato para uma temperatura confortável, entre 23 e 25 graus.


G1 RN

MPF, Polícia Civil e MPE investigam caso de mãe que 'fantasiou' filho de escravo para festa de Halloween em Natal

Mãe fantasiou menino de 9 anos para festa de Halloween em escola de Natal — Foto: Reprodução



A Promotoria de Justiça de Defesa da Criança e do Adolescente de Natal abriu nesta terça-feira (30) uma investigação para acompanhar o caso de uma mãe que criou para o próprio filho – um menino de 9 anos – uma fantasia de escravo para a festa de Halloween de uma escola particular de classe média alta da cidade. A Polícia Civil disse que vai intimar a mulher para que ela preste esclarecimentos.

No início da tarde, o Ministério Púlbico Federal informou que também abriu um procecimento de investigação, porque "compete à Justiça Federal processar e julgar os crimes previstos em tratado ou convenção internacional". Para o MPF, por ter sido divulgado na internet, o fato configurou a “transnacionalidade” exigida pela norma constitucional.

A mulher publicou fotos do garoto nas redes sociais, na tarde da segunda-feira (29), causando grande repercussão na internet. A maior parte dos comentários é de críticas à fantasia, que foi considerada racista. A publicação foi apagada do perfil da mãe do menino. Além de pintar o garoto com tinta escura, ela maquiou nas costas do filho "marcas" de chicotadas e fez o menino usar correntes. "Quando seu filho absorve o personagem! Vamos abrasileirar esse negócio! #Escravo", escreveu ela no Instagram.

Segundo o Conselho Estadual de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (CONSEPPIR), órgão vinculado à Secretaria de Justiça e da Cidadania (SEJUC), “a prática do racismo passou a ser considerado um crime inafiançável e imprescritível”.

G1 RN

terça-feira, 30 de outubro de 2018

Carreta tomba em rodovia da Região de Cajazeiras e parte da carga é saqueada

Acidente ocorreu em Cachoeira dos Índios nessa segunda (Foto: Dim)


Uma carreta carregada de frutas e verduras tombou nessa segunda-feira (29) no município de Cachoeira dos Índios, Sertão da Paraíba.



O acidente ocorreu por volta das 17 horas, quando o motorista trafegava pela rodovia, vindo a tombar nas proximidades do Posto Arizona.
No acidente a carga ficou espalhada no acostamento da rodovia, e segundo informações de populares, parte dela teria sido saqueada.
O motorista da carreta sofreu leves escoriações. A Polícia Rodoviária Federal foi acionada para o local.

Diário do Sertão

Luís-gomense é preso por dirigir embriagado após ameaçar a ex-mulher na zona rural de Riacho de Santana




Uma ocorrência de embriaguez ao volante e violência doméstica foi registrada por volta das 18h30 desta segunda-feira (29) na zona rural de Riacho de Santana. O fato foi no sítio Baixa do Arroz. 

A PM foi solicitada para, primeiramente atender a ocorrência de violência doméstica. Durante o deslocamento os militares foram informados que o suspeito havia saído de casa em uma motocicleta Honda Bros , de cor vermelha em visível estado de embriaguez.

Nas proximidades da residência a guarnição se deparou com o suspeito e imediatamente emitiu ordem de parada. Os policiais fizeram a abordagem e identificou o luís-gomense que apresentava fortes sinais de embriaguez.

Diante dos fatos, ele foi conduzido a 4ª DRPC para as providencias cabíveis.

As viaturas policiais das cidades de José da Penha e Rafael Fernandes deram apoio aos militares de Riacho de Santana.


Redação com Nosso Paraná.

Fátima Bezerra (PT) é eleita governadora do Rio Grande do Norte




Com 100% das urnas eletrônicas apuradas às 20h46 de domingo (28), segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a candidata Fátima Bezerra (PT) foi eleita governadora do Rio Grande do Norte em segundo turno, neste domingo (28). Ela recebeu 1.022.910 votos, ou 57,60% dos válidos e Carlos Eduardo (PDT), 753.035 votos (42,40%). Veja a apuração completa aqui.

Ao todo, votaram 1.942.196 eleitores dos 2,3 milhões que estavam aptos a votar, o que corresponde a 81,86% do eleitorado do RN. Votos brancos (1,75%) e nulos (6,81%) somaram 166.251 votos. Houve ainda 430.383 abstenções (18,14%). Somados brancos, nulos e abstenções, chega-se a 596.634 eleitores aptos que não escolheram nenhum dos candidatos.

"O RN pode ter a certeza de que serei a governadora de todos e todas, dos que votaram em mim, e dos que não votaram também. Teremos um governo de diálogo, um governo de união, para construir um RN que tenha paz, segurança, dignidade e empregos pro nosso povo", declarou em coletiva logo após a confirmação do resultado.

Fátima foi considerada eleita matematicamente às 18h34, quando as urnas estavam com 90,77% apuradas. Ela é a única mulher eleita governadora no país em 2018 e a terceira a ser escolhida para o cargo no estado. Mesmo antes do fim da totalização de votos, ela também já foi considerada a governadora eleita com o maior número de votos na história do estado.

Fátima Bezerra tem 63 anos. É professora, pedagoga e atualmente ocupa o cargo de senadora da república pelo Rio Grande do Norte. Ela nasceu em 19 de maio de 1955 em Nova Palmeira, na Paraíba, mas mora no Rio Grande do Norte desde a adolescência. Se filiou ao PT em 1981 e entrou na carreira política-eleitoral após atuação no sindicato dos professores do estado.

Antes do Senado, Fátima foi eleita deputada estadual duas vezes consecutivas, nas eleições de 1994 e 1998. Em 2002, disputou pela primeira vez um cargo na Câmara Federal. Ganhou e foi eleita outras duas vezes, em 2006 e 2010, sempre pelo Rio Grande do Norte. Entre as candidaturas vitoriosas no Legislativo, disputou a Prefeitura de Natal nos anos de 1996, 2000, 2004 e 2008, mas perdeu nas quatro ocasiões.

Em 2014, com 808.055 votos potiguares (54,84% dos válidos), Fátima foi eleita senadora. Ela poderia permanecer no cargo até 2022, mas decidiu se candidatar ao governo do estado. Eleita, a professora assumirá pela primeira vez um cargo do Poder Executivo - a única governadora eleita no país em 2018.

Em nota, o candidato Carlos Eduardo agradeceu pelos votos recebidos e pela cofiança dos potiguares que acreditaram nas suas propostas.

"Fizemos uma campanha limpa e propositiva. Baseada na coragem e no sentimento de mudança, na nossa história que transformou Natal numa capital capaz de orgulhar seus filhos e seus visitantes. Abri mão de meus quase três anos de mandato como prefeito por saber que, ao homem público verdadeiro, não é permitida a omissão da luta. O Rio Grande do Norte chegou ao fundo do poço nos últimos quatro anos. Me propus mudá-lo, percorrendo no calor, nas noites e madrugadas, o itinerário da esperança numa gestão voltada a todos, sem lados ou preconceitos ideológicos", declarou.



Por Igor Jácome, G1 RN

sexta-feira, 26 de outubro de 2018

Jacaré de dois metros é encontrado na zona rural de Governador Dix-Sept-Rosado




A População do Sítio Ipueira no município de Governador Dix Sept Rosado, na região oeste do Rio Grande do Norte, localizaram na tarde da última quarta feira (24), um jacaré medindo quase dois metros.


Nas imagens enviadas por moradores da localidade, é possível ver o animal ao lado de filhotes de porcos, ou seja certamente a cadeia alimentar no Rio-Mossoró diminuiu e os animais resolveram atacar os bichos das propriedades. 


Redação com Passando Na Hora

Após acidente com mototaxista, carro do ovo sem freios quase provoca tragédia no Centro de Pau dos Ferros



Na manhã desta quinta-feira (25) por volta das 07h o primeiro acidente de transito ocorreu na Avenida da Independência, no conhecido alto da Telern, em Pau dos Ferros. 
Um mototaxista seguia no sentido Banco do Brasil, ao reduzir a velocidade na lombada em frente a clínica Oncovida, um veiculo tipo Fiat Strada colidiu na traseira de sua moto, que caiu sobre a pista de rolamento e o condutor evadiu-se do local sem prestar socorro e sem ser identificado.
Quando a equipe do SAMU prestava socorro a vítima, no local se encontravam vários curiosos e como no local é um declive, foi neste momento, que por pouco não ocorre uma tragédia maior. Um veículo que vinha descendo o alto, perde o freio e desgovernado, a única alternativa que o condutor do fiat uno, de cor vinho, que estava carregado de ovos, encontrou foi jogar o carro contra a parede da clínica, não atingindo ninguém, gerando apenas danos materiais.
O mototaxista foi socorrido para o HRCCA e não sabemos seu estado de saúde atual. 


Nosso Paraná

Candidatos ao governo do RN no 2º turno se confrontam em debate da Inter TV Cabugi

Os dois candidatos ao governo do RN no segundo turno participaram do
debate na Inter TV Cabugi — Foto: Pedro Vitorino



Os candidatos ao governo do Rio Grande do Norte, Carlos Eduardo (PDT) e Fátima Bezerra (PT), participaram do debate da Inter TV Cabugi, na noite desta quinta-feira (25), em Natal. Este foi o último confronto público entre os dois postulantes ao cargo antes do segundo turno das eleições 2018, que ocorre no próximo domingo (28). A mediação foi do jornalista da Rede Globo, Ari Peixoto.
Como no primeiro turno, o debate foi dividido em quatro blocos, sendo que o primeiro e o terceiro eram de temas livres. Na segunda e na quarta etapa, os candidatos perguntaram e responderam perguntas sobre termas pré-determinados sorteados na hora.

Cada candidato fez duas perguntas e respondeu a outras duas em cada uma dessas etapas, conforme ordem sorteada antes do programa. Os candidatos tiveram 30 segundos para formular as perguntas, 1 minuto e 30 segundos para as respostas, um minuto e para réplica e um minuto e para tréplica.

No último bloco, além das perguntas, cada candidato também pôde fazer suas considerações finais.

Confira as considerações finais de cada candidato (ordem definida por sorteio):

Fátima Bezerra (PT)

"Primeiro quero aqui saudar a Inter TV, cumprimentar aqui o candidato, Ari, e sobretudo a você que está em casa, que acompanhou o debate até o presente momento. E dizer a vocês com muita serenidade: estou preparada para enfrentar esse desafio que é governar o Estado do Rio Grande do Norte a partir do ano que vem. E quero aqui fazer uma reflexão com vocês. Nós temos no domingo apenas dois caminhos a escolher. De um lado, o projeto do candidato que representa as oligarquias que estão no poder aí há 60 anos, o chamado governo de privilégios, governo que olha para três, quatro, ou cinco famílias. De outro lado, um projeto que representa a mudança, que é a nossa candidatura. Um projeto que significa governar para todos e para todas, mas com o olhar principalmente para os que mais precisam. Digo mais ao Rio Grande do Norte: 30 anos de vida pública, honradez, seriedade, decência, espírito público, maturidade, sabedoria. Trago exatamente para o governo a capacidade de escutar, de ouvir as pessoas. Meu governo vai ser o governo do diálogo, o governo da união. Até porque tirar o Rio Grande do Norte da crise em que ele se encontra exige o esforço de cooperação e de colaboração de todos. Por isso que vou dialogar com os empresários, com os trabalhadores, vou dialogar com todos os setores da sociedade com a clareza de que nós estamos preparados para construir um novo Rio Grande do Norte com paz, com prosperidade, com emprego e com dignidade. É 13 domingo, sem medo de ser feliz. Fátima 13, Haddad presidente".


Carlos Eduardo (PDT)

"A candidata, minha adversária, não representa nenhuma mudança, a não ser a continuidade do atual governo, ao qual ela foi aliada. E os outros aliados, que ela já loteou o governo, o ex-presidente (da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte) Ricardo Motta, também vítima da Operação Candeeiro e Dama de Espadas, e o atual presidente da Assembleia Legislativa, um tucano apoiando o PT. Daí você tira a incoerência e o novo que isso representa. Não tem nada de novo, é a velha política que nós temos que derrotar domingo nas eleições. Eu quero dizer aos norte-rio-grandenses: eu tenho 32 anos de vida pública e não tenho, não respondo a nenhum processo de improbidade administrativa, nem desvio de conduta. Quero lhe dizer, norte-rio-grandense, que, com a experiência que tenho de vida pública, de ter realizado, onde ocupei cargos públicos, como deputado, secretário e como prefeito, nós sempre tivemos o reconhecimento da eficiência, do espírito público, do idealismo de fazer para melhorar a qualidade de vida das pessoas. E é com essa experiência que nós queremos ganhar as eleições e governar o Rio Grande do Norte, em sintonia com esse novo Brasil que está nascendo domingo, encerrando um ponto final no ciclo PT no Brasil, com a candidatura de Jair Bolsonaro e aqui no Rio Grande do Norte com a nossa candidatura. É essa parceria, essa sintonia que vai fazer com que o Rio Grande do Norte, que vive a sua crise mais aguda econômica, social e política, vai ter as condições de ser resgatado novamente no caminho do progresso e do desenvolvimento. Conto com vocês no domingo. Vamos mudar. Mudança é 12 e 17, Rio Grande do Norte e Brasil."

G1 RN

quinta-feira, 25 de outubro de 2018

TRAGÉDIA: Acidente entre carroça e caminhonete deixa quatro mortos na Paraíba

Acidente entre carroça e caminhonete deixa quatros mortos em Campina Grande -
 Foto: Sandra Paula/TV Paraíba


Quatro pessoas morreram e uma ficou gravemente ferida depois de um acidente entre uma carroça de tração animal e uma caminhoneta, na Alça Sudoeste da BR-230, em Campina Grande. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a batida ocorreu no início da noite desta quarta-feira (24), no momento em que a carroça atravessava a rodovia. O motorista da caminhoneta era um médico do estado de Pernambuco, que foi detido.

Segundo a PRF, o motorista da caminhoneta, o médico Claudino Rodrigues dos Santos Júnior, de 27 anos, permaneceu no local do acidente e solicitou socorro as vítimas. Ele fez teste de bafômetro e não estava embriagado. Depois o motorista foi levado para a Central de Polícia Civil de Campina Grande. Até 23h desta quarta-feira, ele seguia detido prestando depoimento.
O advogado do motorista disse que ele não teve culpa do acidente e que está a disposição das autoridades policiais e justiça para prestar esclarecimentos. “Foi uma fatalidade e nós aproveitamos para nos solidarizar com as famílias. Ele (o motorista) estava trafegando na rodovia e o animal entrou na pista com a carroça de forma repentina. Ele (o motorista) não teve tempo de evitar o acidente. Claudino está sendo autuado pelo artigo 302 do Código Penal, por homicídio culposo”, disse o advogado.
Entre as quatro pessoas que morreram estavam Matheus Eustárquio da Silva, 21 anos, Joselito Firmino de Sousa, 38 anos, Girvson Possidônio gomes, 35 anos, e uma outra pessoa que não foi identificada. Segundo familiares das vítimas, o grupo havia saído para uma pescaria. A colisão aconteceu no mesmo trecho onde ocorreu o acidente que resultou na morte do humorista paraibano Francisco Josenilton Veloso, o Shaolin.
O único sobrevivente do acidente, que estava na carroça, foi Josenildo do Santos, 39 anos, que foi socorrido e levado para o Hospital de Trauma de Campina Grande. Segundo a unidade hospitalar, o estado de saúde dele é gravíssimo. As lesões mais graves foram nos membros.
O impacto foi tão forte que a carroça de burro ficou totalmente destruída, os pedaços da carroça e os corpos ficaram espalhados pela rodovia e acostamento. Após a colisão, a caminhoneta só parou a cerca de 100 metros, no acostamento e ficou parcialmente destruída.


Diário do Sertão 

População transforma terreno abandonado em horta comunitária em Natal

Hortaliças produzidas são doadas para moradores do bairro e também vendidas —
Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi



Um terreno abandonado que acumulava entulho e lixo deu lugar a uma horta comunitária a partir da iniciativa de moradores do bairro Nova Descoberta, na Zona Sul de Natal. A horta tem potencial para produzir até 7 mil hortaliças, tudo orgânico e 100% natural. O que é colhido é vendido e também doado a famílias do bairro. Os moradores podem colher direto da terra alface, cebolinha, coentro, entre outras hortaliças.

A inciativa foi do técnico agrícola Samy Tavares que há cinco meses transformou o local para a alegria da vizinhança. “Eu era representante comercial e trabalhava com venda de eucalipto e também cultivava plantas ornamentais. Comecei a estudar na Escola Agrícola e foi quando surgiu a ideia de cultivar hortaliças”, conta o técnico agrícola Samy Tavares.

O terreno era abandonado e cheio de lixo, e incomodava a população há anos. Os moradores se preocupavam com a possibilidade do lugar servir de criadouro de mosquito de dengue. “Era muito lixo, botava pneu, lixo podre e eu me preocupava muito com o mosquito da dengue”, revelou a dona de casa Ivone Dias.

Samy negociou com o dono do terreno o aluguel para o projeto poder ir para frente. A horta também serve como ambiente de aprendizado para o estudante João Pedro da Silva que é estudante de agropecuária e usa a horta para botar em prática o que vê na faculdade. “Eu monto canteiros, planto, semeio mudas, aplico defensivos naturais entre outras coisas como irrigação ”, conta o estudante.

O idealizador do projeto já pensa em abrir as portas da horta para as escolas, para que professores e alunos, principalmente crianças, possam ter contato com a natureza e terem acesso a educação ecológica. “Os alunos vão vir fazer um teste sensorial, vão poder sentir, olhar e poder escolher as hortaliças, e o principal vão aprender as práticas agroambientais”, planeja Samy.



G1 RN

quarta-feira, 24 de outubro de 2018

STF recebe denúncia contra deputado do RN acusado de desviar recursos públicos do Idema

Ricardo Motta deputado — Foto: João Gilberto/ALRN



A 1ª Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) recebeu, nesta terça-feira (23), denúncia contra o deputado estadual pelo PSB do Rio Grande do Norte Ricardo Motta, que é acusado de desviar recursos públicos do Instituto de Desenvolvimento Sustentável do Rio Grande do Norte (IdemaRN), além de responder pelos crimes de peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

O inquérito foi remetido pelo Tribunal de Justiça do RN ao STF por falta de quórum para a análise do processo, já que a maioria dos desembargadores potiguares alegou suspeição para julgar o caso.

Em nota, a defesa do deputado disse que "o que ocorreu foi apenas a determinação do início de um processo, etapa natural do procedimento, onde terá oportunidade de exercer plenamente sua defesa e provar sua inocência".

De acordo com a denúncia, o deputado teria participação em esquema criminoso que desviou mais de R$ 19 milhões dos cofres do Idema/RN, mediante a utilização de ofícios que autorizaram pagamentos com conteúdo fraudulento. Os crimes foram alvo da Operação Candeeiro, deflagrada em setembro de 2015.

Voto do relator
O relator da matéria, ministro Luiz Fux, votou pelo recebimento da denúncia, “Estamos numa fase preliminar em que vigora o princípio in dubio pro societate. Assim, se efetivamente proceder tudo quanto a defesa se propõe a comprovar, ela o fará no curso da ação penal”, ressaltou, ao acrescentar que é preciso que a denúncia esteja embasada em dados que evidenciam o mínimo de autoria e materialidade, como é o caso dos autos.

Ainda de acordo com o relator, o processo contém depoimentos de três agentes que retratam os mesmos fatos contados na denúncia, bem como mostra relatos de testemunhas que afirmam ter presenciado a entrega dos valores mencionados nos autos.

Luiz Fux afirmou que também há documentos de natureza bancária que retratam as operações de desvio de valores do Idema, além de saques realizados pelos representantes das pessoas jurídicas que participavam do esquema e, por fim, extratos telefônicos com contatos realizados entre o deputado e o colaborador no período próximo às operações financeiras fraudulentas.

G1 RN

Secretaria de Saúde de Rafael Fernandes, recebe Ambulância nova para o município

Imagem Ilustrativa


A prefeitura de Rafael Fernandes, através da Secretaria Municipal de Saúde fez a entrega de uma Ambulância 0 km à população, neste final de semana, dentro da programação da SECARF (Semana Cultural e Artística de Rafael Fernandes).

A aquisição foi feita através de uma Emenda Parlamentar do Deputado Federal Walter Alves, no valor total de R$ 80.000,00 (oitenta mil reais).


A chegada desta ambulância ao município vai aprimorar a estrutura já existente beneficiando assim, um atendimento mais rápido e qualificado, facilitando na condução de pacientes e ofertando melhores condições de trabalho aos profissionais de saúde que prestam socorro à população.


Redação 

Corpo de suplente de vereador é encontrado boiando em açude de Água Nova



O corpo do suplente de vereador José Bezerra de Lima, 57 anos, foi encontrado boiando no açude das casinhas, localizado nas proximidades da Serra do Bom Será, na cidade de Água Nova, alto oeste potiguar. 
O corpo foi encontrado por familiares e amigos no final da tarde desta terça-feira (23). Aparentemente foi vítima de afogamento, uma equipe da Polícia Militar foi ao local e solicitaram uma equipe do ITEP-RN para realizar procedimentos de praxe.
Ele estava sumido há mais de 24 horas.
Zé Ligação(DEM) como era conhecido a vítima, foi candidato a vereador nas eleições municipais de 2016, pela coligação DEM / PR / PRB / SD / PHS / PT – JUNTOS POR UMA AGUA NOVA MELHOR. Ficando na 2ª suplência do seu partido.

Redação com  Blog do JP

terça-feira, 23 de outubro de 2018

Shows com Felipe Costa, Luan Estilizado e Forró Danado encerram SECARF 2018 com chave de ouro

O cantor Luan Estilizado no palco da SECARF 2018 -
FOTO: Douglas Diógenes


A 20ª Edição da Semana Cultural e Artística de Rafael Fernandes (SECARF 2018), teve seu encarramento na noite do último domingo (21), data em que a cidade comemorou 55 anos de emancipação política. 


O prefeito Bruno Anastácio, e a primeira dama Vanessa Fernandes,
ao lado do Cantor Luan.



Ás 18h30 houve uma missa em ação de graças na Igreja de Santa Luzia, em seguida aconteceu o Desfile e escolha da Miss Rafael Fernandes 2018, que teve como campeã a jovem Ingrid Beatriz.

A Jovem Ingrid Beatriz 16 anos, foi  eleita a Miss Rafael Fernandes 2018





Logo após foi feita a entrega das premiações aos vencedores das competições, e as 22h30, o Cantor Felipe Costa abriu a noite de shows, o prefeito Bruno Anastácio fez discurso e em seguida houve o show pirotécnico, em comemoração aos 55 anos.

Para fechar a noite o cantor Luan Estilizado entrou no palco agitando o público com suas canções, e encerrando a festa a banda Forró Danado tocou até amanhecer, encerrando assim a edição da SECARF 2018. 



Redação 


Governo do RN convoca 110 professores para compor quadro efetivo da rede estadual

Prédio da Governadoria do RN - Foto: Thyago Macedo


O Governo do Rio Grande do Norte publicou no Diário Oficial do Estado, no último sábado (20), a convocação de 110 professores para compor o quadro efetivo da rede estadual de ensino. Esta é a quarta convocação do ano referente ao concurso do edital 001/2015.
Os convocados atendem as necessidades das disciplinas de língua portuguesa, matemática, língua espanhola, língua inglesa, química, física, educação física, ciências biológicas, filosofia, sociologia, arte, música, ensino religioso, história, geografia, além de pedagogia para educação especial, pedagogia para anos iniciais e especialistas de educação para suporte pedagógico.
As cidades de Natal, Parnamirim, Mossoró, Nova Cruz, Santa Cruz, Caicó, Umarizal, Macau, São Paulo do Potengi, Ceará Mirim, Currais Novos, Assu, Apodi, Pau dos Ferros e Angicos receberão nos próximos dias professores nas áreas que necessitam. Para conferir a lista de convocados e os documentos necessários para convocação, é só acessar o site do Diário Oficial e seguir o passo-a-passo: poder executivo – governadoria – atos. 

Fonte: Josenias Freitas

Itep-RN e Correios iniciam projeto de emissão de carteira de identidade com tecnologia biométrica




O Instituto Técnico-Científico de Perícia do Rio Grande do Norte e os Correios deram início, na manhã desta segunda (22), ao projeto-piloto de emissão de carteiras de identidade com utilização de tecnologia biométrica.

Segundo o Itep, a parceria é inédita no país, e vai ampliar o acesso à identificação para todos os municípios potiguares que contemplam agências dos Correios e aumentará a segurança do documento.

Neste primeiro momento, ainda de acordo com o Itep, o projeto funcionará por 60 dias em fase de testes na unidade central dos Correios, no bairro da Ribeira, na Zona Leste da capital, com encaminhamento de pessoas pelo Itep para a emissão de 2ª e 3ª vias do RG. Em seguida, o serviço será ampliado, gradativamente, para todo o estado.



G1 RN

domingo, 21 de outubro de 2018

PARABÉNS RAFAEL FERNANDES PELOS SEUS 55 ANOS DE EMANCIPAÇÃO POLÍTICA

Av. Egídio Chagas, com destaque para a Estátua de Santa Luzia (direita) - Foto: Arquivo - Portal Rafael Fernandes.


O município de Rafael Fernandes localizado na região do Alto Oeste Potiguar e distante 435 km da capital do estado Natal, comemora hoje 55 anos de emancipação política.

Capela de Santa Luzia - Padroeira do Município  


Fé e tradição!! Não podemos negar, nas narrativas de nossa história, a forte influência religiosa no povoamento de nossa terra. Foi em 1917, que a senhora Umbilina Maria da Conceição – filha de Francisco Martins de Oliveira – motivada pela fé, ao compadecer de um problema de saúde nos olhos, elevou sua prece à santa protetora da vista: Santa Luzia.

Oh Umbilina!!! Sua prece ecoou aos quatro cantos da região como um sinal de fé, de resistência de um povo forte que não perde jamais a esperança, e com o olhar da fé, descobre neste ato, a grandeza do celebrar em mutirão, pois a promessa de Umbilina resultou no celebrar de um novenário em sua residência no período de 04 a 13 de dezembro.

Com muita festa, a primeira novena foi celebrada na casa de Francisco de Oliveira Filho, irmão de Umbilina. E assim, em cada mistério, cada terço, em cada oração, entre lamparinas e lampiões, acendia cada vez mais a fé de um povo de Deus. Tal atividade abriu caminhos para crescentes visitas e estadia em nossa terra pelo povo da região. Somos então, povo hospitaleiro na fé.

Somente em 1943, a comunidade Varzinha, já mais desenvolvida, e através do senhor José Silva de Oliveira (mais conhecido como Zequinha, dono de farmácia e pai do ex-prefeito Nilton Silva) e Maria Alzira Pinheiro, nos despretensiosos jogos de “Sueca” externaram a Francisco de Oliveira Filho a necessidade de se construir uma capela, para melhor acomodar as pessoas que a cada ano vinham participar do novenário.


Em face desse desejo de se construir um templo, Francisco Oliveira Filho se propôs a doar 04 (quatro) tarefas de terras para ser feita a capela. Diante desta doação, José Silva de Oliveira entrou em contato com o padre Manoel Caminha Freire que marcou data para a celebração de uma missa, com o fim de sentar a pedra fundamental para a construção da capela, símbolo de uma religiosidade marcada na história desse povo.

A missa ocorreu 1944 na casa de José Ferreira da Costa, nesta época, morava o seu vaqueiro João Carlos (ou João Carro). Após, saíram em caminhada para sentar a pedra fundamental no local onde se encontra atualmente construída a capela de Santa Luzia.

Escola Estadual Mano Marcelino ( década de 1950)


A construção da referida capela foi feita à base de mutirão, foram muitas as mãos calejadas pelo trabalho, mas abençoadas pela fé, que ergueram a capela de Santa Luzia. Várias pessoas doaram materiais e outros à força do trabalho. Citamos o nome de algumas pessoas que muito contribuíram para a sua construção e se mantiveram na memória coletiva e em registros: Francisco de Oliveira Filho pela doação do terreno, José Silva de Oliveira (Zequinha) pela iniciativa da construção da capela, Egídio Chagas do Nascimento, Luiz Chagas do Nascimento, Chicó Alfredo, João Felipe de Oliveira, Sebastião José de Oliveira e Olímpio Mariano da Costa (Olímpio Joca), pelo trabalho voluntário.

Destacamos, ainda, Agostinho Ventura que doou toda a madeira, que encontrava no sítio Balanço, sendo as mesmas retiradas por João Felipe de Oliveira e Sebastião José de Oliveira, merece destaque também Adalto Lopes que doou os carros de boi para o transporte da referida madeira.

Ressaltamos também a contribuição de Adelino Aires que doou uma madeira de 54 palmos para a confecção do coro da capela, bem como, o sino sendo o mesmo confeccionado por seu irmão na cidade de Mossoró/RN. Não poderíamos deixar de lembrar também dos trabalhos realizados por Francisco Silvino da Costa (Silvino Lagoa) e Adalto Maia da Costa, que também contribuíam para a construção da capela de Santa Luzia e de tantas outras pessoas que, devido à falta de registros históricos, não podemos mencionar aqui, mas sabemos que o anonimato merece também nosso reconhecimento.


Bandeira 


No ano de 1953 – é Aprovada a Lei nº 56, de 21 de dezembro de 1953 que elevou o Povoado de Varzinha a categoria de Distrito, com o nome Rafael Fernandes. Projeto de autoria do Deputado Estadual Israel Ferreira Nunes. O Governador á época era Silvio Pisa Pedrosa. 

Rafael Fernandes Gurjão, natural de Pau dos Ferros,
nascido a 24/10/1891 e falecido em 11/06/1952. ( Ilustre potiguar, à qual nossa cidade recebeu seu nome, como forma de homenageá-lo)


E é somente, com uma década depois, 21/10/1963 - Aprovada a Lei nº 2964 de 21 de outubro de 1963 cujo Projeto de Lei foi de autoria do Deputado Estadual Israel Ferreira Nunes. O Governador á época era Aluísio Alves.

Antônio Justino de Oliveira (primeiro prefeito do município)



Portanto, hoje, dia 21 de outubro, nossa cidade completa 55 anos de emancipação política. E durante todo esse tempo, nosso pedaço de chão, no germinar de tantos filhos, nos nutriu também como filhos seus, nos batizou, consagrando-a como nossa terra, nos colocando como parte dessa história, porque em seu barro fomos moldados.




Uma homenagem do Portal Rafael Fernandes!


Da redação com José Gevildo Viana, 
Fonte: Escritos de Alex Maia, Imagens: Arquivo do Portal Rafael Fernandes


sexta-feira, 19 de outubro de 2018

Folha revela esquema ilegal de empresas pró-Bolsonaro bancando fake news contra o PT pelo WhatsApp

Bolsonaro em visita a um prédio da Polícia Federal no Rio de Janeiro, nesta quarta-feira.
MAURO PIMENTEL AFP


Empresários compraram irregularmente pacotes massivos de envio de mensagens contrárias ao PT pelo WhatsApp, segundo reportagem publicada nesta quinta-feira pela Folha de S.Paulo. De acordo com a apuração do jornal, os contratos chegam a 12 milhões de reais e, entre os compradores, está Luciano Hang, dono da Havan. Ele apoia publicamente Jair Bolsonaro (PSL) e já foi obrigado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a retirar de seu Facebook um vídeo favorável ao capitão reformado que tinha sido pago para alcançar mais pessoas. A ação, revelada pelo EL PAÍS em agosto, é proibida pela legislação eleitoral, que diz que só os próprios candidatos, partidos e suas coligações podem comprar propaganda eleitoral no Facebook. Bolsonaro nega, por meio de seu advogado, qualquer participação em irregularidades. Hang também. O PT afirma que acionará a Justiça, enquanto PDT, de Ciro Gomes, diz que pedirá para anular a eleição.
Segundo a matéria da Folha as empresas “apoiando o candidato Jair Bolsonaro” compram de empresas especializadas um serviço chamado “disparo em massa” de mensagens no WhatsApp. Para isso, usam a base do próprio candidato ou partido ou uma base das próprias empresas que prestam o serviço, o que é ilegal porque a legislação eleitoral também não permite a compra de base de dados de terceiros. Essas bases compradas oferecem segmentação por região geográfica e, às vezes, por renda, explica o jornal. Muitas vezes, elas são fornecidas por empresas de cobrança ou por funcionários de empresas telefônicas, também segundo a Folha. O jornal diz ainda que as empresas investigadas pela reportagem estavam impossibilitadas de aceitar novos pedidos antes de 28 de outubro, data do segundo turno, por terem serviços enormes de disparos previstos para a véspera. Segundo o jornal, a prática também foi usada pelo candidato ao Governo de Minas Gerais pelo partido Novo, Romeu Zema, que nega.
A prática relatada pode configurar doação de campanha por empresa, o que é ilegal. Além do mais pode conter outra irregularidade caso se comprove que partiu de uma campanha política e não foi registrada na prestação de contas do candidato. A declaração do candidato ao TSE contém apenas o pagamento de 115.000 reais a uma empresa que realiza serviços de mídias digitais, a AM4 Brasil Inteligência Digital, que afirmou à Folha que mantém apenas grupos de WhatsApp para denúncias de fake news, listas de transmissão e grupos estaduais chamados comitês de conteúdo, relata o jornal. A Folha, entretanto, revela que apurou que o serviço dela não se restringe a isso. Uma das ferramentas usadas é a geração de números estrangeiros automáticos. Esses números são distribuídos a funcionários e voluntários —cada qual com dezenas deles— que são usados para administrar grupos ou participar deles. Com os códigos de outros países eles escapam dos filtros de spam e de limitações impostas ao WhatsApp no Brasil, como a limitação no número de participantes e na quantidade de repasse automático.
O EL PAÍS entrou durante a campanha em alguns desses grupos de apoiadores do candidato Bolsonaro e constatou a existência de muitos números com códigos de outros países entre os administradores. Há números dos Estados Unidos, Portugal, Itália e Reino Unido, entre outros. Em 28 de setembro, reportagem mostrou como funciona a máquina de fake news que opera nos grupos a favor de Bolsonaro no WhatsApp. O EL PAÍS acompanhou três grupos por três semanas, que publicavam juntos mais de 1.000 mensagens por dia, com conteúdos que informavam, por exemplo, que as urnas eletrônicas já foram fraudadas no país, algo que nunca aconteceu. Havia na ocasião ao menos cem grupos públicos que apoiam o capitão reformado do Exército no aplicativo.
O advogado de Bolsonaro, Tiago Ayres, defendeu seu cliente das acusações e disse ao jornal Valor Econômico que não há como vinculá-lo diretamente à suposta rede financiada por empresários de envio de mensagens pelo WhatsApp. De acordo com o advogado, os apoios de Bolsonaro são “espontâneos” e a campanha do presidenciável não pode ser responsabilizada pela conduta de simpatizantes. “Esta é uma campanha muito diferente. Não é razoável que qualquer manifestação, ele [Bolsonaro] tem que ter responsabilidade. Teria que ter muito dinheiro para vigiar [a conduta de todos os apoiadores]”, disse Ayres ao jornal.
PT pede investigação
O teor da reportagem levou o PT e Fernando Haddad a pedirem uma investigação sobre a suposta rede de apoio ilegal de empresários em favor da campanha de Bolsonaro. Em uma série de posts no Twitter, Haddad afirmou que a equipe jurídica da sua campanha acionará tanto a Polícia Federal quanto a Justiça Eleitoral para que as denúncias sejam apuradas. “A Folha hoje comprova que o deputado Bolsonaro criou uma verdadeira organização criminosa com empresários que, mediante caixa dois, dinheiro sujo, estão patrocinando disparos de mensagens mentirosas no WhatsApp”, publicou Haddad. “Ele patrocinou com dinheiro sujo uma campanha de difamação. E isso não tem prazo para acabar. Vou buscar reparação até as últimas consequências e os empresários que se envolveram nisso vão ter que responder judicialmente”, complementou ele, em uma coletiva de imprensa.
O Tribunal Superior Eleitoral não se manifestou até o momento sobre o caso. Em final de junho, o então presidente do tribunal, Luiz Fux, afirmou que a Justiça Eleitoral poderá eventualmente anular o resultado de uma eleição se esse resultado for decorrência da difusão massiva de notícias falsas. “O artigo 222 do Código Eleitoral prevê que se o resultado de uma eleição qualquer for fruto de uma fake news difundida de forma massiva e influente no resultado, ele prevê inclusive a anulação”, destacou. “É claro que isso demanda um acervo probatório, uma cognição, conhecimento profundo daquilo que foi praticado. Mas a lei prevê esse tipo de sanção”.
O WhatsApp também não se manifestou até o momento. Pesquisadores brasileiros publicaram no jornal The New York Times um artigo de opinião que pedia a empresa que implemente três mudanças para reduzir o “nível de desinformação” no processo eleitoral, explicou Pablo Ortellado, professor de políticas públicas da USP, que assinou o texto com Cristina Tardáguila, diretora da agência de checagem de dados, Lupa, e Fabrício Benevenuto, professor de ciência da computação da UFMG. Ele pedem três mudanças: a redução do número de reenvios de mensagens, o alcance da transmissão delas e o limite do tamanho de novos grupos, que hoje é de 256 usuários. “Acreditamos que com a adoção imediata dessas três medidas é possível uma redução rápida do dano que a desinformação tem causado ao debate eleitoral”, disse Ortellado em seu Twitter. “Informamos ao WhatsApp nossa proposta e a empresa nos respondeu que não há tempo para implementá-las. Nós discordamos. Na Índia, após uma série de linchamentos causados por boatos difundidos no aplicativo, o WhatsApp conseguiu implementar mudanças em poucos dias”, complementou.

Fonte: El País