quinta-feira, 13 de junho de 2019

RN tem chuvas 12,5% abaixo da média histórica em maio

Açude Santana (Gangorra), em Rafael Fernandes encontra-se
completamente seco. Foto: Portal Rafael Fernandes (Arquivo).


A Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte divulgou nesta quarta-feira (12) a análise das chuvas ocorridas ao longo do mês de maio. Segundo a Gerência de Meteorologia da Emparn, maio apresentou um melhor comportamento quando comparado com o mesmo mês dos últimos anos. Porém, mesmo assim, o cenário apresenta um desvio negativo de 12,5% abaixo da média histórica.

Já para o mês de junho, a previsão é que se inicie o período de estiagem no interior do estado, principalmente para as regiões Oeste e Central.

No estado como um todo, eram esperados valores acumulados próximos de 108,7 milímetros, e a chuva observada ficou em 95,2 mm, resultando no desvio percentual negativo de 12,5%.

“A intensificação do fenômeno El Niño (Oceano Pacífico), ocorrida durante o final de março e início de abril, causou bloqueios atmosféricos parciais sobre a região Nordeste e que prejudicaram a ocorrência de chuvas de maneira normal”, destacou o meteorologista Gilmar Bristot.

Ainda segundo Bristot, os maiores índices acumulados em maio ocorreram no litoral Leste, enquanto que a região Oeste apresentou os maiores desvios negativos (-24,8%).

A média climatológica utilizada no levantamento refere-se aos Postos Pluviométricos com mais de 30 anos de dados no período de 1963 a 2007.

Previsão para junho

No mês de junho, lembra o meteorologista da Emparn, “tem-se o início do período seco no interior do Rio Grande do Norte, devido ao afastamento da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT)”. Assim, ainda de acordo com Gilmar Bristot, “as chuvas mais significativas ficam restritas às regiões Leste e Agreste, ocasionadas pelos sistemas meteorológicos de origem oceânicos (pulsos de leste e sistemas de brisa)”.

As atuais condições oceânicas/atmosféricas mostram um enfraquecimento do fenômeno El Niño no Oceano Pacífico, e com tendência de normalidade para os próximos meses. “Este comportamento, El Niño fraco no oceano Pacífico, associado a uma melhora nos campos da pressão atmosférica e vento na superfície do Oceano Atlântico Sul, indicam que as chuvas deverão normalizar durante a segunda quinzena do mês de junho, com índices pluviométricos que deverão variar de 30 a 50 mm nas regiões Oeste e Central, de 50 a 150 mm no Agreste, e de 150 a 250 mm no Litoral Leste.

G1 RN

Chuva causa alagamentos, linhas de ônibus atrasam e trânsito amanhece complicado em Natal

Av. Prudente de Morais com lâmina d'água no cruzamento com a Amintas Barros - Foto: STTU



A chuva que cai em Natal desde a noite da quarta-feira (12) vem causando transtornos. Quem precisou sair de casa enfrenta trânsito lento e vários pontos de alagamento pelas ruas e avenidas da cidade.

Na Avenida da Integração, na Zona Sul, o tráfego de veículos foi obstruído por causa da água que transbordou da lagoa de captação, próximo da marginal da BR-101.

Ainda na mesma região, lâminas d’água se formaram na Avenida Prudente de Morais, nos trechos que cruzam com as avenidas Nascimento de Castro e Amintas Barros.

Já na Zona Leste, lâminas d'água também se formaram no cruzamento da Rua Silvio Pélico com a Rua Fonseca e Silva, no bairro Alecrim. Lá, a STTU também pede cautela e prudência aos motoristas.

Para evitar acidentes, a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU) orienta a reduzir a velocidade e que o condutor ligue o farol baixo. Observar o meio-fio das calçadas ou dos canteiros também é uma dica importante para acompanhar os pontos de alagamento.

Ônibus atrasados

Por causa da lentidão do trânsito sobre a ponte de Igapó, na Zona Norte, há atraso em várias linhas de ônibus. Segundo a STTU, estão prejudicadas as linhas 01, 02, 04, 05, 07, 07A, 08, 10/29, 12/14, 13, 15/16, 17/78, 26, 27, 27A, 50, 60, 61/62, 64, 67, 68, 70, 72, 73, 75, 77 e 79).


Ainda na Zona Norte, também há pontos de alagamento ao longo da Av. Dr. João Medeiros Filho, uma das mais movimentadas da região, principalmente no trecho entre o viaduto da Redinha e a Avenida Moema Tinoco.


G1 RN

13 DE JUNHO DIA DE SANTO ANTÔNIO

Andor com a imagem de Santo Antônio, padroeiro de Marcelino Vieira-RN,
FOTO: Douglas Diógenes.


Nesta quinta (13), a igreja católica celebra no mundo inteiro a festa em honra a Santo Antônio de Lisboa, também conhecido como Santo Antônio de Pádua. O santo português é um dos mais conhecidos entre os cristãos que recorrem a ele pedindo graças durante o ano inteiro, Santo Antônio também é conhecido como casamenteiro. Hoje centenas de cidades brasileiras celebram durante todo o dia a festa do seu padroeiro com missas e procissões,  na região oeste do Rio Grande do Norte, as cidades de Antônio Martins e Marcelino Vieira encerram as festividades logo mais a tarde com a tradicional procissão de Santo Antônio.

História:

Lisboa, 15 de Agosto de 1191-1195 ? — Pádua, 13 de Junho de 1231), de sobrenome incerto mas batizado como Fernando, foi um Doutor da Igreja que viveu na viragem dos séculos XII e XIII,  Primeiramente foi frade agostinho no Convento de São Vicente de Fora, em Lisboa, indo posteriormente para o Convento de Santa Cruz, em Coimbra, onde aprofundou os seus estudos religiosos através da leitura da Bíblia e da literatura patrística, científica e clássica. Tornou-se franciscano em 1220 e viajou muito, vivendo inicialmente em Portugal, depois na Itália e na França. No ano de 1221 fez parte do Capítulo Geral da Ordem de Assis, a convite do próprio Francisco, o fundador, que o convidou também a pregar contra os albigenses em França. Foi transferido depois para Bolonha e de seguida para Pádua, onde morreu aos 36 (ou 40) anos.

A sua fama de santidade levou-o a ser canonizado pela Igreja Católica pouco depois de falecer, distinguindo-se como teólogo, místico, asceta e, sobretudo como notável orador e grande taumaturgo. Santo António de Lisboa é também tido como um dos intelectuais mais notáveis de Portugal do período pré-universitário. Tinha grande cultura, documentada pela coletânea de sermões escritos que deixou, onde fica evidente que estava familiarizado tanto com a literatura religiosa como com diversos aspetos das ciências profanas, referenciando-se em autoridades clássicas como Plínio, o Velho, Cícero, Séneca, Boécio, Galeno e Aristóteles, entre muitas outras. O seu grande saber tornou-o uma das mais respeitadas figuras da Igreja Católica do seu tempo. Lecionou em universidades italianas e francesas e foi o primeiro Doutor da Igreja franciscano. São Boaventura disse que ele possuía a ciência dos anjos. Hoje é visto como um dos grandes santos do Catolicismo, recebendo larga veneração e sendo o centro de rico folclore.


Redação com wikipedia.org

quarta-feira, 12 de junho de 2019

Secretaria de Saúde do RN confirma 40 mortes por vírus respiratórios até maio de 2019

RN teve mais de 17 óbitos por Influenza - Foto: Divulgação



De janeiro a maio de 2019, as Síndromes Respiratórias Agudas Graves (SRAG) causaram 40 mortes no Rio Grande do Norte, segundo a Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap). Desse total, 17 óbitos foram por Influenza, sendo 13 do subtipo Influenza A H1N1, três por Influenza A não subtipada e uma por Influenza A H3N2.

O novo boletim da Influenza foi divulgado pela Subcoordenadoria de Vigilância Epidemiológica (Suvige) nesta terça-feira (11). Os dados se referem ao período das semanas epidemiológicas 1 a 22, encerrado em 1º de junho de 2019. Até o mês passado, a pasta havia confirmado 7 casos de mortes por vírus respiratórios, sendo seis pelo vírus influenza e um pelo vírus sincicial respiratório.

Ao todo, foram notificados 189 casos de SRAG. Desse total, 94 casos foram confirmados por laboratório, dos quais 68 foram positivos para Influenza A H1N1, 8 para Influenza A, 7 para Influenza A H3N2 e 11 para Vírus Sincicial Respiratório.

De acordo com a Suvige, observa-se a redução das notificações a partir da semana epidemiológica 19, o que já era esperado em decorrência do período de sazonalidade da doença, bem como em função da imunização da população por meio da realização da campanha de vacinação contra a influenza, que no RN alcançou a meta de 90%, estabelecida pelo Ministério da Saúde.

No que se refere aos óbitos, o total de 40 casos notificados ficou menor que o mesmo período de 2018, quando foram registrados 68 casos. Além dos 17 casos por Influenza, houve um confirmado para Vírus Sincicial Respiratório, cinco para SRAG não especificado e outros 17 casos em que o subtipo do vírus ainda está em investigação. O maior número de óbitos ocorreu em idosos (37%), seguido por gestante (27%).

Prevenção

A subcoordenadora de Vigilância Epidemiológica da Sesap, Alessandra Lucchesi, ressalta que ”a vacina é a melhor estratégia disponível para a prevenção da influenza e suas consequências, devendo ser tomada a cada ano, já que sua composição também varia anualmente, em função de cepas circulantes”.

Outras medidas de controle podem ser adotadas:

Higiene das mãos com água e sabão, depois de tossir e espirrar, após usar o banheiro, antes das refeições, e antes de tocar os olhos, boca e nariz;

evitar tocar os olhos, nariz ou boca, após o contato com superfícies, proteger com lenços (preferencialmente descartáveis a cada uso) a boca e nariz, ao tossir ou espirrar;

o doente deve evitar sair de casa enquanto estiver em período de transmissão da doença (até cinco dias após o início dos sintomas);

evitar entrar em contato com outras pessoas suscetíveis e, caso não seja possível, usar máscaras cirúrgicas;

evitar aglomerações e ambientes fechados, e procurar repousar, ter uma alimentação balanceada e aumentar a ingestão de líquidos.

G1 RN

Tentativa de homicídio em Pau dos Ferros



Na noite desta terça-feira (11), por volta das 19h30min, aconteceu uma tentativa de homicídio no bairro São Geraldo em Pau dos Ferros.
Segundo populares, um homem identificado como Bosco, marido de Ana Paula, que trabalha na coleta do lixo, teria sido atingido por dois disparos de arma de fogo nas costas.
Em razão dos disparos, BOSCO ficou caindo no chão à espera do socorro policial e médico. A Polícia Militar imediatamente foi para o local e neste momento faz buscas pelo autor dos disparos. O SAMU foi acionado e conduziu BOSCO com vida para o Hospital Regional de Pau dos Ferros.
O seu estado de saúde ainda não foi divulgado pelo hospital. 
Cidadão 190

Congresso aprova crédito extra de R$ 248,9 bilhões para o governo

Imagem Ilustrativa 


O Congresso Nacional aprovou nesta terça-feira (11) um projeto que autoriza crédito extra de R$ 248,9 bilhões para o governo federal. A proposta define que os recursos serão obtidos por meio da emissão de títulos do Tesouro Nacional.
Por ter sido aprovado em um sessão conjunta, formada por deputados e senadores, o texto seguirá para sanção do presidente Jair Bolsonaro. Na votação da Câmara, o texto foi aprovado por 450 votos a zero. Na votação do Senado, o texto passou por 61 votos a zero.
De acordo com o texto, o dinheiro será destinado ao pagamento de benefícios previdenciários, do Benefício de Prestação Continuada (BPC) e de outros programas do governo (leia detalhes mais abaixo).
O texto define que o governo poderá contrair dívidas para pagar despesas correntes, como salários e benefícios sociais, sem descumprir a chamada “regra de ouro”.
O mecanismo, previsto na Constituição, proíbe o Poder Executivo de se endividar com a emissão de títulos para custear despesas do dia a dia. A única exceção, pela “regra de ouro”, é se houver autorização do Congresso. Caso contrário, o presidente da República pode ser enquadrado no crime de responsabilidade fiscal.
Congresso vai decidir se governo terá crédito extra de R$ 248 bilhões
Antes de ser aprovada no plenário, a proposta passou pela Comissão Mista de Orçamento, onde foi costurado um acordo entre representantes do governo e de vários partidos.
Governistas precisaram ceder a algumas demandas de diferentes partidos, incluindo os de oposição, para viabilizar a votação.
Líder do governo no Congresso, a deputada Joice Hasselmann (PSL-SP) afirmou que o Poder Executivo se comprometeu a:
– liberar para a educação R$ 1 bilhão dos recursos atualmente contingenciados;
– destinar R$ 1 bilhão ao programa habitacional Minha Casa, Minha Vida;
– destinar R$ 550 milhões para as obras de transposição do Rio São Francisco;
– liberar R$ 330 milhões para bolsas de estudo do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Suspensão de benefícios
No último sábado (8), Bolsonaro disse que teria de suspender, a partir de 25 de junho, o pagamento de benefícios a idosos e pessoas com deficiência caso o Congresso não aprovasse o projeto.
Acrescentou que, se a proposta não fosse aprovada, outros programas poderiam ficar sem recursos nos próximos meses. E citou o Bolsa Família, o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) e o Plano Safra.
“Acredito na costumeira responsabilidade e patriotismo dos deputados e senadores na aprovação urgente da matéria”, afirmou Bolsonaro na semana passada. 
G1

terça-feira, 11 de junho de 2019

Secretaria Municipal de Saúde e Prefeitura de Rafael Fernandes, ofertaram exames de mamografia digital gratuita à população



A Secretaria Municipal de Saúde, em parceria com a Prefeitura Municipal, realizaram na manhã desta segunda-feira (10), exames de Mamografia Digital, através do Atendimento Móvel - Amigo do Peito-PB.

A unidade móvel de mamografia, faz parceria com os municípios fornecendo exames mamográfico digital a preço SUS.

Cerca de 70 exames foram realizados na Unidade móvel, que esteve localizada em frente à Unidade Mista de Saúde, no centro da cidade, os pacientes foram mulheres com idade a partir de 45 anos, e aquelas que fazem parte do grupo de risco para o Câncer de mama.

A iniciativa apresentada pela Secretaria de Saúde foi bem acolhida pelo prefeito, Bruno Anastácio, diante à grande demanda deste tipo de exame, e frente a importância do rastreamento precoce deste tipo de câncer, que é muito comum. E vale salientar que com diagnóstico precoce, as chances de cura são bastante positivas. 

Assessoria 

Assaltantes fazem arrastão em escola da zona rural na região Oeste potiguar

Escola Municipal Antônia Lopes Alves, na zona rural de Dix-Sept Rosado,
foi alvo de criminosos - Foto: Cedida.


Uma escola municipal foi alvo de um arrastão na tarde desta segunda-feira (10), na zona rural do município de Dix-Sept Rosado, na região Oeste potiguar. O caso foi confirmado pela Polícia Militar. Dois assaltantes levaram celulares e outros objetos dos professores, servidores e alunos.
O crime aconteceu Escola Municipal Antônia Lopes Alves, localizada no Sítio Camurim, por volta das 13h. Segundo moradores da região, a dupla chegou ao local em uma moto e chamou o servidor responsável pela entrada e saída dos alunos. Quando ele se aproximou, os bandidos colocaram uma arma na cabeça dele e mandaram o homem abrir o portão.
Servidores da secretarias, professores e até alunos foram rendidos e obrigados a entregar celulares, carteiras e outros objetos. De acordo com testemunhas, um professor chegou a ser agredido pelos criminosos.
Houve correria e vários alunos correram em para buscar abrigo em casas próximas à escola. Nenhuma das vítimas ficou ferida.
Os assaltantes fugiram em seguida e nenhum suspeito foi preso até a publicação desta matéria.
A Polícia Militar orientou as vítimas a procurarem a delegacia para fazer boletins de ocorrência. 
G1 RN

Rio Grande do Norte desperdiça 50% da água distribuída pela Caern




Na Semana do Meio Ambiente, chama a atenção o fato de que no Rio Grande do Norte um dos bens mais preciosos do mundo, a água é desperdiçada de forma absurda.
Desperdício, falta de manutenção da rede de abastecimento e muito vazamento, fazem com que a cada 100 litros de água captada, tratada e pronta para ser distribuída no Rio Grande do Norte, 50 litros não cheguem ao destino final. O dado faz parte de um estudo do Instituto Trata Brasil com a GO Associados, obtido pelo G1 e divulgado na última quarta-feira (5).
Ainda de acordo com o estudo, grande parte da perda de água acontece principalmente por problemas de vazamentos, ligações clandestinas e falhas de leitura de hidrômetro.
A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) confirmou a perda de 49.9% da água que ele destina aos consumidores. Segundo a Caern, o percentual se divide em “perdas físicas”, como os vazamentos, e em “perdas comerciais ou aparentes”, que se referem à “água que foi consumida, mas não foi faturada e não gerou receita”, como ligações clandestinas e fraudes.
Ainda de acordo com a Caern, as perdas comerciais ou aparentes representam cerca de 33% do total. Os outros 67% são “questões técnicas de vazamentos”.
Para combater as perdas operacionais, a Caern diz que trabalha “em controles de pressão, macromedição, substituição de ramais e de redes de água, pesquisa e combate a vazamentos”. Já com as perdas comerciais, a companhia tem feito “instalação e substituição de hidrômetros, atualização cadastral e intensificação da fiscalização para combate a fraudes e ligações clandestinas”.
A companhia trabalha também atualização cadastral dos clientes e investimento em uma plataforma de inteligência artificial voltada “para a seleção otimizada dos medidores para troca” e para “otimizar a identificação dos fraudadores”, que entrará em operação no próximo mês.
A Caern aponta ainda que hidrômetros antigos medem abaixo do consumo real, o que contribui com o aumento no número registrado na perda de água.
Estados do Norte e Nordeste lideram desperdício de água
O Estudo aponta ainda que em todo o país, oito estados perdem metade ou mais da água que produzem.
Desse total, cinco estão no Norte e três, no Nordeste, regiões que, historicamente, apresentam os piores índices de saneamento do Brasil.
Enquanto 83,5% dos brasileiros são atendidos com abastecimento de água tratada, a média da região Norte para o mesmo indicador é de 57,5%. A do Nordeste é a segunda pior, com 73%. Em relação ao acesso à coleta de esgoto, a situação é ainda mais grave: apenas 10,2% da população do Norte e 26,9% da do Nordeste são atendidas, contra a média nacional de 52,4%.
O recordista em perda de água é Roraima, com 75%. Em seguida, estão Amazonas (69%) e Amapá (66%).
Considerando o país, a média de perda de água potável é de 38%. Isso representa uma perda de 6,5 bilhões de m³ de água, o equivalente a mais de 7 mil piscinas olímpicas por dia. Em termos financeiros, segundo o estudo, a perda de faturamento custou para o país R$ 11,3 bilhões em 2017, valor superior ao total de recursos investidos em água e esgoto no Brasil no ano (R$ 11 bilhões).
O estudo utiliza os dados mais recentes do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS), referentes ao ano de 2017.

G1 RN

Governo do RN decide manter Hospital Ruy Pereira em funcionamento em prédio alugado a 200 mil reais por mês

O Governo do Estado paga R$ 200 mil mensais de aluguel pelo uso do imóvel, cujo contrato vence no fim do mês de agosto


O Governo do Rio Grande do Norte decidiu que vai manter o Hospital Doutor Ruy Pereira do Santos, que fica em Petrópolis, na Zona Leste de Natal, em funcionamento. A decisão foi tomada nesta segunda-feira (10) em reunião que contou com a presença do titular da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), Cipriano Maia, do secretário adjunto de Saúde, Petrônio Spinelli, e de técnicos da pasta.
“Decidimos claramente manter a continuidade dos serviços que já vem sendo prestado à população, com qualidade, como este governo instituiu, e tomar as medidas necessárias para que não haja descontinuidade no atendimento”, informou o secretário Cipriano Maia.
Na quarta-feira passada (5), o próprio secretário de Saúde do RN havia confirmado o fechamento do hospital ao alegar deficiência na estrutura do prédio em que ele funciona atualmente.
Segundo Maia, para que o Hospital Ruy Pereira siga em funcionamento, haverá a renovação do “contrato pelo período que for necessário”, além de uma “reavaliação das condições estruturais do prédio” em que a unidade de saúde está instalada. O contrato atual de locação do prédio se encerra no mês de agosto.
O Governo do Rio Grande do Norte informou ainda que as medidas tomadas serão discutidas com a sociedade e com órgãos de fiscalização e controle.

Hospital Ruy Pereira

O Hospital Ruy Pereira é referência no Rio Grande do Norte em cirurgias vasculares e o principal destino de pessoas em tratamento para problemas como o “pé diabético”. A unidade tem 80 leitos clínicos de enfermaria e 10 leitos de UTI.
Há aproximadamente dois meses, o hospital foi tido como referência para atendimento de pacientes vasculares. A unidade foi inaugurada em outubro de 2010 e funciona no prédio do antigo Itorn, no bairro de Petrópolis. O Ruy Pereira possui um centro cirúrgico com três salas; o ambulatório especializado atende 20 pessoas em média por dia; admite a internação de cerca de 100 a 120 pacientes por mês; e em maio registrou 209 procedimentos cirúrgicos realizados.
O Governo do Estado paga R$ 200 mil mensais de aluguel pelo uso do imóvel, cujo contrato vence no fim do mês de agosto.

Blog do JP.

segunda-feira, 10 de junho de 2019

Sem piedade, América-RN faz 8 a 0 no Serrano-PB e avança em primeiro do Grupo A6

América vence o Serrano-PB por placar de 8x0 - Foto: Reprodução


América-RN impiedoso

O América-RN não teve pena do Serrano-PB e goleou por 8 a 0 na noite deste domingo. Com a vitória, o time rubro confirmou o primeiro lugar do Grupo A6 da Série D do Campeonato Brasileiro, com 13 pontos. Os gols na Arena das Dunas, em Natal, foram marcados por Murici (2), Roger Gaúcho (2), Max, Joazi, Adenilson e Geninho.

Mata-mata

O adversário do América-RN na segunda fase será, por enquanto, o Bahia de Feira, que terminou na segunda posição do Grupo A6, com 10 pontos e saldo positivo de sete gols. O clube baiano deve ser julgado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva nesta semana e corre risco de perder três pontos devido à escalação irregular de um jogador na primeira rodada. Caso a perda dos pontos seja confirmada, o América-PE assume o segundo lugar do Grupo A6 e passa a ser o adversário do América-RN.

Primeiro tempo

O América foi impiedoso no primeiro tempo. Joazi, em batida rasteira da entrada da área, abriu o placar logo aos três minutos. Max, de voleio, ampliou aos nove. Roger Gaúcho fez o dele ao aproveitar o vacilo de Amaral no recuo para o goleiro Rodrigo. Adenilson também marcou em chute forte da meia-lua. Teve até espaço para o baixinho Murici marcar de cabeça, ainda aos 22 minutos de jogo. O Alvirrubro tentou manter o ritmo forte e ainda teve um gol anulado, marcado por Geninho, e uma bola na trave, em cabeçada de Max.

Segundo tempo

No segundo tempo, o sexto gol saiu logo aos quatro minutos, com Roger Gaúcho aproveitando o rebote do goleiro Rodrigo. Geninho, titular pela primeira vez, marcou um bonito gol, de voleio, após cobrança de falta de Vinícius. O técnico Moacir Júnior ainda conseguiu poupar o volante Leandro Melo e o meia Adenilson na segunda etapa, colocando Moreilândia e Luisinho em campo. O América continuou a criar chances e ainda fez o oitavo com Murici, aos 42 minutos.

O pior de todos


O Serrano-PB terminou a Série D na condição de dono da pior campanha entre clubes de todas as divisões do Campeonato Brasileiro. A equipe paraibana perdeu os seis jogos que disputou e sofreu 28 gols.

fonte: GE

Moto é encontrada faltando peças na zona rural de Pau dos Ferros/RN



No final da tarde deste sábado (08), foi encontrada abandonada em um matagal na comunidade de Lagoinha dos Estevão, na rural do município de Pau dos Ferros-RN, a motocicleta Honda CG/125 FAN, de cor cinza, licenciada em nome de Domerina Maria da Conceição Costa, com algumas peças retiradas. 

O referido veículo foi localizado através informações repassadas para a equipe do 4º DPRE comandada pelo Major Brilhante, em seguida foi entregue a Delegacia de Polícia civil para as providencias cabíveis.

fonte: Nosso Paraná 

sexta-feira, 7 de junho de 2019

Custo da cesta básica diminui 0,98% em Natal

Custo da cesta básica diminui 0,98% em Natal - Foto: Divulgação



O preço médio da cesta em Natal apresentou queda de 0,98% em maio, em relação a abril. O custo foi de R$ 406,07. Dentre as 17 capitais pesquisadas, a potiguar ocupou a terceira posição entre os menores preços, ficando atrás de João Pessoa (PB) e Salvador (BA).

No entanto, em 12 meses a variação acumulada foi de 19,02%. Nos cinco primeiros meses de 2019, também houve alta acumulada em Natal, que foi de 18,94%, a terceira maior do país, atrás de Recife e Vitória. Os dados são do Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese) e foram divulgados nesta quinta-feira (6).

De acordo com o levantamento, entre abril e maio de 2019 sete produtos apresentaram queda em Natal: feijão carioquinha (-12,86%), açúcar cristal (-2,07%), café em pó (-1,93%), carne bovina de primeira (-0,73%), farinha de mandioca (-0,70%), óleo de soja (-0,26%) e pão francês (-0,11%). As altas foram registradas nos demais produtos: leite integral longa vida (4,90%), arroz agulhinha (2,66%), manteiga (0,91%), banana (0,79%) e tomate (0,15%).

Ainda segundo o Dieese, em 12 meses oito produtos acumularam taxa positiva nos preços: tomate (97,95%), feijão carioquinha (91,41%), açúcar cristal (15,69%), arroz agulhinha (14,40%), pão francês (14,06%), manteiga (6,16%), carne bovina de primeira (5,75%) e óleo de soja (2,67%).


O Departamento informou também que o leite integral longa vida se mantém estável, e que as taxas acumuladas foram negativas somente para a farinha de mandioca (-20,93%), a banana (-12,77%) e o café em pó (-6,53%).

Salário mínimo x cesta básica

De acordo com o Dieese, em maio de 2019 o custo da cesta em Natal comprometeu 44,23% do salário mínimo líquido (após os descontos previdenciários), percentual menor do que o de abril (44,67%). Em maio de 2018, equivalia a 38,87%.

Os trabalhadores que recebem um salário mínimo precisaram cumprir jornada de trabalho de 89 horas e 31 minutos, em maio de 2019, para comprar a cesta na capital do RN. Em abril, o tempo necessário foi de 90 horas e 24 minutos. Já em maio de 2018, a jornada média era de 78 horas e 41 minutos, ainda segundo o Dieese.



G1 RN

Governadores do RN e do PI dizem não ter assinado carta de apoio à manutenção de estados na reforma da Previdência

Governadora Fátima Bezerra - Foto/Reprodução



A governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, e o governador do Piauí, Wellington Dias, disseram na noite desta quinta (6) que não assinaram carta de apoio à manutenção de servidores de estados e municípios na proposta de reforma da Previdência Social.

"Não assinei nenhuma carta de apoio à reforma da Previdência. Estou disposta a cooperar, a trabalhar pelo bem comum e pelo progresso de um país que não suporta mais os venenos da recessão", disse Fátima em uma rede social.

"Também não assinei", disse Wellington Dias, também via rede social. "Defendo a necessidade da reforma, mas não da forma que está sendo apresentada."

A primeira versão do documento apontava que 25 dos 27 governadores assinaram a carta, em nome do Fórum dos Governadores. Inicialmente, o fórum informou que apenas os governadores do Maranhão, Flávio Dino, e da Bahia, Rui Costa, não haviam assinado o documento.

À noite, ao lado dos demais governadores do Nordeste, ambos assinaram uma carta em que reconhecem a necessidade de reformas (da Previdência, tributária e política), mas sustentam haver divergências em pontos específicos a serem revistos.

O G1 procurou a assessoria do governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, coordenador nacional do fórum de governadores, para saber sobre a divergência. Em nota, a assessoria de Ibaneis afirmou ter submetido a carta a todos os governadores por meio de um grupo conjunto de Whatsapp.

"Inicialmente, foi feita uma minuta com os principais pontos, que foi sendo modificada a partir das sugestões de cada governador, até se chegar ao novo texto. Como acontece com todos os documentos extraídos do grupo via WhatsApp, foi dado um tempo de 30 minutos para que quem tivesse alguma objeção se manifestasse. Apenas os governadores da Bahia e Maranhão se manifestaram contra o texto".

Diante da divergência, a redação final do texto ficou para terça-feira, quando os governadores voltam a se reunir em Brasília, segundo a assessoria de Ibaneis.



G1 RN

quinta-feira, 6 de junho de 2019

Estudante de Educação Física é morta com tiro na cabeça em Monte Alegre, RN

Josierica da Rocha Alves tinha 23 anos - Foto: Arquivo pessoal


Uma estudante de Educação Física de 23 anos foi morta ao levar um tiro na cabeça, na madrugada desta quarta-feira (5), durante um suposto assalto a uma residência em Monte Alegre, na Grande Natal. Josierica da Rocha Alves ainda foi socorrida ao hospital da cidade, mas não resistiu ao ferimento.

À reportagem da Inter TV Cabugi, o namorado da jovem, que é dono de uma equipadora de veículos, contou que ele e ela estavam chegando em casa, por volta de 1h30, quando foram surpreendidos por dois homens armados que já estavam dentro do imóvel. Josierica havia descido do carro para abrir o portão quando os bandidos a abordaram. Foi quando ele, o namorado, de dentro do automóvel, atirou contra os criminosos.

Ainda de acordo com o namorado, ele efetuou apenas um disparo, e os bandidos revidaram. Porém, o namorado disse não saber em que momento a jovem foi atingida. Após a troca de tiros, os criminosos fugiram.

G1 RN

Pauferrense é preso por ameaçar sogra na zona rural de Marcelino Vieira



A Polícia Militar de Marcelino Vieira com apoio da Polícia civil prendeu no final da manhã desta quarta-feira (05), um pauferrense de 30 anos por porte ilegal de arma de fogo. A prisão ocorreu após denúncia de que o acusado estaria ameaçando a própria sogra 52 anos. A situação foi registrada em uma cabana localizada num lixão próximo a RN 079 na zona rural de Marcelino Vieira/RN.
Após receber denuncia um policial militar e um agente civil se deslocaram ao local indicado, chegando chamaram pelo acusado que saiu do matagal segurando na mão direita uma espingarda municiada, sendo desarmado , recebeu voz de prisão e em seguida foi encaminhado para Delegacia de Polícia Civil para os procedimentos legais.
O acusado ainda disse que arma teria sido adquirida junto a um morador que reside no Bairro Beira Rio em Marcelino Vieira/RN pelo valor de R$ 100 (cem reais). 

Fonte: Nosso Paraná

quarta-feira, 5 de junho de 2019

Comunidade de Espaduado lança festa do padroeiro São João Batista




A comunidade Espaduado da Pista, localizada na zona rural de Rafael Fernandes lançou a programação da festa de seu Padroeiro, São João Batista. A Festa acontece de 20 à 24 de junho, e tem como tema: "Eu sou a Missão". 

CLIQUE PARA AMPLIAR


Dentro da programação, haverá rifas e bingos relâmpagos, Barraca Junina e quadrilhas improvisadas todas as noites, no dia 21 terá Desfile Infantil, já no dia 23 (domingo), acontecerá a Cavalgada com São João Batista, saindo do Parque Leôncio José de Freitas para a Capela às 7h. E no dia 24 dia do padroeiro, terá após a procissão, sorteio do bolo e apresentação da Banda Filarmônica.

Participe deste momento de fé e religiosidade!

Redação, Apoio: Portal Rafael Fernandes 

Bolsonaro assina decreto e torna sal do RN de interesse social

Presidente Jair Bolsonaro assina decreto do setor salineiro, ao lado de ministros, parlamentares, prefeitos e representantes dos produtores – TN Online


O presidente Jair Bolsonaro (PSL) assinou nesta terça-feira (04) o decreto que declara de interesse social a atividade de produção do sal marinho dos municípios de Mossoró, Macau, Areia Branca, Grossos, Pendências, Areia Branca Guamaré e Galinhos no Rio Grande do Norte.

A cerimônia conta com a participação da bancada federal potiguar, de vários políticos do estado e empresários do sal. Essa era uma demanda antiga da indústria salineira e da classe política.

Agora, o setor ganha maior proteção jurídica, com possibilidade de fomento gradual de emprego, renda e tributos.

“Agradecemos ao Presidente da República, Jair Bolsonaro, que rapidamente assinou o decreto que salva a atividade salineira do RN atendendo apelo de toda bancada. O sal Potiguar foi reconhecido como bem de interesse social! Estado produz 95% do sal no Brasil, é fonte de exportação e emprega 70 mil pessoas”, destacou o deputado federal Fábio Faria (PSD/RN).


Blog do JP.

terça-feira, 4 de junho de 2019

Prefeitura de Rafael Fernandes e SEMAS, realizaram Edição 2019 do Arraiá Junino Social

Cantora Fyama Lima no Palco - Foto: Portal Rafael Fernandes 



A festa que é realizada anualmente pela SEMAS (Secretaria Municipal de Assistência Social) com apoio da Prefeitura de Rafael Fernandes, aconteceu na noite do último sábado (01), com desfiles, quadrilhas, e espaço gastronômico. A programação contou ainda com shows em Praça Pública com as atrações; Breno Andrade, Fyama Lima e Felipe Grilo.

Além de movimentar o comércio local, e valorizar a nossa cultura tendo em vista que a festa junina, é de fato a comemoração mais aguardada do ano em todo Nordeste Brasileiro, o Arraiá Junino Social já entrou para o calendário anual de eventos de nosso município.

Parabéns à todos os envolvidos, pelo grande trabalho realizado!.


Redação 

MPF envia denúncia contra ex-senador do RN para a primeira instância da Justiça Federal

Ex-senador José Agripino Maia - Foto: Antônio Cruz/Agência Brasil



O Ministério Público Federal (MPF) enviou à Justiça Federal do Rio Grande do Norte a denúncia contra o ex-senador José Agripino Maia por corrupção passiva e lavagem de dinheiro durante as obras da Arena das Dunas. A denúncia tinha sido feita inicialmente ao Supremo Tribunal Federal (STF), em 2017. A mudança ocorreu após o político perder o foro privilegiado.

As acusações tratam de um suposto esquema de propina durante as obras de construção da Arena, entre 2012 e 2014, em Natal. O MPF solicitou ainda a inclusão de José Adelmário Pinheiro Filho – o “Léo Pinheiro” – na denúncia, para que o empreiteiro responda por corrupção ativa.

O G1 não conseguiu contato com a defesa do ex-senador José Agripino.

A denúncia contra o ex-senador foi inicialmente oferecida perante STF, em setembro de 2017, pela Procuradoria-Geral da República (PGR), devido ao cargo de senador. A ação penal agora foi remetida à primeira instância, tendo em vista que o mandato se encerrou e ele não conseguiu ser eleito deputado federal, no último pleito.

Segundo o MPF, informações obtidas a partir da “Operação Lava Jato”, bem como em documentos complementares, apontaram que o então senador recebeu propina por meio de depósitos em dinheiro em conta pessoal e mediante “doações eleitorais oficiais” ao Partido Democratas (DEM), do qual era presidente do Diretório Nacional. O dinheiro foi repassado pelo grupo empresarial OAS, presidido na época por Léo Pinheiro.

A propina, diz o MPF, foi paga em troca da prestação de favores políticos a parlamentares que atendessem aos interesses da empreiteira, sobretudo na construção do estádio para a Copa do Mundo de 2014. José Agripino teria contribuído com a “superação de entraves” para a liberação de parcelas do financiamento do BNDES, em 2013, buscando intervir junto aos tribunais de contas da União e do Estado do Rio Grande do Norte (no âmbito dos quais havia controvérsia sobre a liberação dessas verbas).

Em troca, o grupo empresarial teria feito repasses de, no mínimo, R$ 654.224; além de pagamentos indevidos por meio de “doações eleitorais oficiais” que totalizaram, pelo menos, R$ 250 mil. O pedido de inclusão de Léo Pinheiro na denúncia se deve ao fato de o empreiteiro se tratar da pessoa diretamente responsável pelo repasse das propinas ao ex-senador, com quem mantinha contato constante.

Trâmite

A Primeira Turma do STF, por maioria de votos, recebeu a denúncia em 12 de dezembro de 2017. A defesa de José Agripino chegou a recorrer, mas os embargos de declaração foram rejeitados por unanimidade pela mesma Primeira Turma, em agosto de 2018. Como ele não foi eleito, “cessou a competência originária do STF para processamento e julgamento da presente ação penal, sendo os autos remetidos à primeira instância da Justiça Federal, por declínio de competência”, esclarece o MPF.

O Ministério Público Federal requer aproveitamento dos atos decisórios e processuais já praticados. Além da condenação pelos crimes, os procuradores querem reparação dos danos materiais e morais causados, “em um valor mínimo de R$ 900 mil”, bem como a decretação da perda da função pública, caso os réus sejam detentores de cargo ou emprego público ou mandato eletivo.



G1 RN

Homem morre após ser atropelado por motociclista na RN 079 em Rafael Fernandes



Na noite desta segunda-feira (03), por volta das 18h20, aconteceu um acidente de trânsito com vítima fatal na RN 079 entre Água Nova e Rafael Fernandes. 

Segundo populares, a vítima identificada como Neto, estava caminhando pela pista quando foi atropelado por uma motocicleta. A vítima não resistiu aos ferimentos e foi a óbito no local. 

O motociclista fugiu sem prestar socorro em direção a Água Nova.

Grupo Cidadão 190

segunda-feira, 3 de junho de 2019

Tatu é depósito de micróbio transmissor da hanseníase, Doença de Chagas e de outras verminoses, alerta Ibama




Mais de 100 casos de micose pulmonar foram registrados em 40 municípios do estado do Piauí. De acordo com informações, a doença é transmitida por um fungo que reside no solo e fica depositado no tatu, animal silvestre muito consumido e comercializado na região.

O Ibama faz um alerta para que a população não consuma carne de tatu, que pode provocar micose pulmonar e, de acordo com pesquisas recentes nos Estados Unidos e Espírito Santo, no Brasil, os bichos são depósitos de micróbio transmissor da hanseníase. O tatu ainda é reservatório da Doença de Chagas e de outras verminoses.

Em um estudo publicado recentemente na revista PLoS Neglected Tropical Diseases, pesquisadores descobriram que 62% dos tatus-galinha amostrados do estado do Pará, no Brasil, apresentaram sinais de exposição à bactéria que causa a hanseníase, também conhecida como lepra ou doença de Hansen.

Além disso, o estudo constatou que as pessoas que comem carne de tatu-galinha com mais frequência apresentam maiores concentrações de anticorpos contra a hanseníase no sangue, sugerindo uma forte correlação entre a caça, o manejo e a ingestão desses animais e a contração da doença.

No Brasil, não é incomum comer tatu, que dizem ter gosto de frango. Um prato consumido em certas áreas pode ser particularmente problemático: ceviche de fígado de tatu, uma mistura de carne crua e cebola. Foi demonstrado que as bactérias causadoras da lepra se concentram no fígado, assim como no baço.

Os pesquisadores testaram 146 residentes locais e descobriram que 92 deles tinham anticorpos contra a bactéria da lepra, sugerindo ampla exposição.

Cerca de 65% das pessoas nessa parte do Brasil comem tatu pelo menos uma vez ao ano, diz John Spencer, imunologista da Colorado State University e autor mais experiente do estudo.

As micoses pulmonares

Micoses são doenças causadas por fungos e têm amplo espectro de apresentação clínica variando desde lesão superficial que acomete a camada mais externa da epiderme até infecções graves e disseminadas capazes de determinar a morte do hospedeiro quando não diagnosticadas e tratadas adequadamente. As micoses pulmonares, também chamadas sistêmicas, são causadas por fungos leveduriformes, primariamente patogênicos, habitualmente encontrados no solo. Os indivíduos, ao entrarem em contato com micronichos do fungo, em seu hábitat natural, se contaminam e podem adoecer. As principais micoses sistêmicas apresentadas neste trabalho são a paracoccidioidomicose, a histoplasmose, a coccidioidomicose e a criptococose.

O tatu

Tatu ou armadilho (em Portugal) é uma denominação comum a mamíferos pertencentes à ordem Cingulata e família Dasypodidae. Caracteriza-se pela armadura que cobre o corpo. Nativos do continente americano, os tatus habitam as savanas, cerrados, matas ciliares e florestas molhadas. Têm importância para a medicina, uma vez que são os únicos animais, para além do homem, capazes de contrair lepra, sendo usados nos estudos dessa enfermidade. Os brasileiros que caçam ou comem tatus correm maior risco de pegar lepra do que pessoas que não interagem com os animais.

Os tatus tem grande importância ecológica, pois são capazes de alimentar-se de insetos (são, portanto, animais insetívoros), contribuindo para um equilíbrio de populações de formigas e cupins. Na Universidade da Região da Campanha, em Alegrete, no Rio Grande do Sul, no Brasil, uma pesquisa sobre a dieta dos tatus revelou que um único exemplar de tatu-mulita (Dasypus hybridus) com 2,5 quilogramas de peso é capaz de consumir 8 855 invertebrados em uma única noite.

Quando estes animais são caçados pelo seu valor cinegético (caça para alimento), acaba por se desequilibrar o ecossistema, pois se extermina um controlador natural de insetos, favorecendo o aumento destes invertebrados e resultando em problemas econômicos para a região. 

Fonte: Portal Giro

Vacinação contra gripe está aberta para toda a população a partir desta segunda-feira

Vacinação contra gripe está aberta para toda a população a partir desta segunda-feira - Foto: Romero Mendonça/Secom



Começa nesta segunda-feira (3) a vacinação contra Influenza aberta ao público geral, após o término, na sexta (31), da 21ª Campanha Nacional de Vacinação contra a doença, iniciada em 10 de abril. O Rio Grande do Norte ficou em 8º lugar no país em cobertura vacinal.

A recomendação do Ministério da Saúde é de que, a partir desta segunda-feira, a vacina seja distribuída para toda a população. Mas a Coordenação Estadual de Imunizações informa que serão oferecidas aquelas vacinas que não foram administradas nos grupos prioritários.

“Não receberemos mais vacinas do Ministério da Saúde. Sendo assim, os municípios que atingiram suas metas praticamente não terão vacinas para oferecer aos demais, pois já fizeram o seu dever de casa que era de oferecer essa vacina aos grupos prioritários”, explicou Katiúcia Roseli, coordenadora de imunização da Sesap.

Dos 167 municípios, um total de 81 já tinham atingido suas metas mínimas para a campanha. Por isso, existe a possibilidade que a população já não encontre vacina em alguns postos e cidades.

Influenza

A influenza é uma doença respiratória infecciosa de origem viral, que pode levar ao agravamento e ao óbito, especialmente nos indivíduos que apresentam fatores ou condições de risco para as complicações da infecção (crianças menores de 5 anos de idade, gestantes, adultos com 60 anos ou mais, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais).

A expectativa da Secretaria Estadual de Saúde era de vacinar durante a campanha, no mínimo, 90% de uma população total de 972.875 no Rio Grande do Norte, considerando-se os grupos prioritários. Ao final do prazo, a cobertura foi de 86,6% dessa população.

Foram vacinadas as crianças na faixa etária de 6 meses a menores de 6 anos de idade (5 anos, 11 meses e 29 dias), as gestantes, as puérperas (até 45 dias após o parto), indivíduos com 60 anos ou mais de idade, os trabalhadores da saúde, os professores das escolas públicas e privadas, os povos indígenas, os grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, os adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas, a população privada de liberdade e os funcionários do sistema prisional.

G1 RN