terça-feira, 14 de julho de 2020

Polícias Civil do RN e CE prendem condenado pelo crime de latrocínio em Fortaleza


Policiais civis da Delegacia de Homicídios de Mossoró (DHM), com apoio, da Polícia Civil do Ceará, deram cumprimento, na tarde desta segunda-feira (13), a um mandado de prisão definitiva, expedido pela 4ª Vara Criminal do Foro de Guarulhos, em São Paulo, contra Luis Felipe de Almeida Leite, 33 anos, pela prática do crime de latrocínio.

De acordo com investigações, o acusado teria realizado o  latrocínio que vitimou Gilberto Fernandes de Souza, na cidade de São Paulo. Ele estava foragido da Justiça e residia no município de Mossoró. Porém, foi constatado que ele teria mudado para a cidade de Fortaleza, no Estado do Ceará.

Luis Felipe foi preso no bairro Messejana, localizado na Zona Sudeste de Fortaleza. Ele foi conduzido até a Central de Capturas de Fortaleza e encaminhado ao sistema prisional, onde deverá cumprir uma pena de 23 anos e 4 meses de reclusão.

A Polícia Civil solicita que a população envie informações de forma anônima através do Disque Denúncia 181 ou pelo WhatsApp da Delegacia de Homicídios de Mossoró por meio do número: (84) 9 8118-1478.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS.


O Câmera 


Média móvel mostra redução da mortalidade por Covid-19 no RN




A média móvel de mortes por Covid-19 no Rio Grande do Norte apresenta queda ao longo dos últimos quinze dias. A variação da média caiu de 38,43 mortes para os 22,71 registros de óbitos contabilizados até esta segunda-feira (13). Segundo dados da Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap), um total de 1.404 potiguares já morreram em decorrência da infecção pelo novo coronavírus.


O cálculo da média móvel permite acompanhar de forma mais precisa a evolução da doença. Isso proporciona que seja feita a diluição dos casos nos fins de semana, que, na maioria das vezes, apresentam queda nas notificações, pois há redução no ritmo de verificação feito pelos órgãos oficiais.

Além disso, o modelo estatístico abstrai distorções ao longo do levantamento, como nos dias em que há um aumento expressivo de mortes contabilizadas – somando as que ocorreram naquele dia e também casos ocorridos dias antes mas que só foram identificadas posteriormente.

A média móvel leva em considera a soma dos registros ao longo de um período e, com isso, é dividida por sete. No Rio Grande do Norte, segundo os dados do modelo, há uma variação de queda desde o último dia 02 de julho. Ante disso, no período mais crítico, as mortes subiram de 18, em 17 de maio, para os 41 registros óbitos de média alcançados no dia 29 de junho. O pior período foi entre os dias 02 e 04 de julho, quando a média superou a casa de 40 mortes diárias.

Após se estabelecer na primeiras semana de julho, as mortes começaram a cair em todo o Estado. Nos últimos cinco dias, a média ficou em 27,11. Nesta segunda-feira, por exemplo, a média foi de 22,71 óbitos.

Apesar da redução, o número ainda é muito alto. Os casos representam praticamente um potiguar morto por hora por Covid-19. Para se ter um ideia da representatividade disso, o Estado somou as primeiras 25 mortes pelo novo coronavírus somente 10 dias após o primeiro registro oficial, ocorrido em 28 de março.

Ocupação de leitos é de 81%

Segundo dados da Secretaria Estadual de Saúde, o Rio Grande do Norte está com 81% de ocupação dos leitos críticos para Covid-19. A taxa ainda acima meta prevista pelo Governo do Estado para a segunda fase da retomada da economia, que é de 80%. Entretanto, o número é menor que o registro da semana, quando a marca estava acima dos 90%.

Vale lembrar que o Estado espera dar prosseguimento à próxima fase da reabertura da economia para esta quarta-feira (15). Ainda segundo a Sesap, de 285 leitos críticos, 231 estão ocupados, 41 estão livres e 13 leitos estão bloqueados.


Agora RN


'Estamos desativando leitos de Covid-19', diz prefeito de Natal

Prefeito de Natal, Álvaro Dias - Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi


A Prefeitura de Natal começou a desativar leitos para pacientes de coronavírus nas Unidades de Pronto-Atendimento (UPA), segundo afirmou o prefeito Álvaro Dias na manhã desta terça-feira (14). De acordo com ele, o motivo é a diminuição dos casos da Covid-19 na capital potiguar. Apesar disso, o Hospital de Campanha será mantido para atender os casos que surgirem.

"Estamos desativando leitos de coronavírus nas UPAs, no Hospital Municipal. No Hospital de Campanha, hoje, de 100 leitos, devemos ter 50 ocupados e 50 disponíveis para ofertar a quem precisar. E UTIs, de 20, devemos ter 12 ocupadas e o restante disponível", afirmou em entrevista ao Bom Dia RN, da Inter TV Cabugi.

Ainda de acordo com o prefeito, o município iria abrir uma estrutura de 30 leitos de hospital-dia no Hospital dos Pescadores, em que os pacientes passam o dia em observação, e voltam para casa à noite. "Diante da redução de casos, voltamos atrás", pontuou.

Nesta terça (14), em um novo decreto, a prefeitura autorizou a segunda fase de reabertura do comércio na capital, que envolve a abertura de academias. "A flexibilização é necessária. As pessoas não aguentam mais ficar em casa e estamos seguindo as orientações do nosso comitê científico", afirmou o prefeito.


G1 RN

segunda-feira, 13 de julho de 2020

Homem é assassinado a tiros dentro de casa no interior do RN

Vítima sofreu diversos disparos de arma de fogo - Foto: PMRN/Reprodução


Um homem foi assassinado a tiros dentro da própria casa na noite de sábado (11) em Campo Grande, município da região Oeste do Rio Grande do Norte. A vítima foi identificada como Carlos Eduardo Bezerra Lopes, de 22 anos, natural de Campo Grande. O crime ocorreu no Conjunto dos Pescadores.

De acordo com o 10º Batalhão de Polícia Militar, horas antes do homicídio, um homem havia procurado Carlos na casa dele, mas ele não estava em casa. Na sequência, dois homens aparecem na residência e perguntam novamente por Carlos, que havia chegado. Os atiradores invadem o local e atiram diversas vezes contra o homem de 22 anos que morreu no local.

O Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) foi acionado para isolar o local. O crime que tem características de execução será investigado pela Polícia Civil.


G1 RN

Carro a gás natural explode durante abastecimento em Natal


Carro ficou totalmente destruído - Foto: Luiz Gustavo Ribeiro/Inter TV Cabugi

Um carro explodiu durante o abastecimento em um posto de combustíveis na manhã de domingo (12). O acidente ocorreu por volta das 11h no estabelecimento que fica na Avenida João Medeiros Filho, Zona Norte de Natal.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o incidente aconteceu devido a uma instalação irregular. Um cilindro de gás natural estava conectado a outro cilindro de gás de cozinha, que não suportou a pressão no momento do abastecimento e explodiu. Três pessoas ficaram feridas.

Segundo a Polícia Militar, o motorista do veículo que explodiu também se feriu e fugiu do local em seguida, mas não foi identificado. O caso será investigado pela Polícia Civil. Na quarta-feira (8), outro veículo também pegou fogo por causa de um problema com o sistema de gás natural.


G1 RN


Pela 1ª vez, lista de espera por leitos críticos de Covid zera no RN; ocupação é de 77%

Ilustrativa
 


A lista de espera por um leito crítico de Covid-19 zerou pela primeira vez no Rio Grande do Norte. A informação é da Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap). De acordo com os dados, o estado também possui 77% de ocupação destes leitos, o que superou a meta prevista pelo Governo do Estado para a segunda fase da retomada da economia.

O Governo do RN estipulou o número de 80% de ocupação, para que pudesse dar prosseguimento na próxima fase da reabertura da economia no estado, marcada para esta quarta-feira (15). Segundo a Sesap, de 284 leitos críticos, 220 estão ocupados, 50 estão livres e 14 estão indisponíveis.

Apesar de ter chegado a zero pela primeira vez, ainda neste domingo um paciente foi registrado no aguardo de regulação. A média de espera por um leito crítico caiu da marca de 30h, para pouco mais de 4h.


Agora RN