quinta-feira, 19 de setembro de 2019

Festa de São Miguel Arcanjo, terá abertura nesta quinta em São Miguel-RN




Nesta quinta-feira (19), acontece a abertura oficial dos festejos do padroeiro São Miguel Arcanjo, em São Miguel-RN.



Este ano a festa refletirá sobre o tema; Igreja: Projeto de Deus, Casa do Pão, Escuta da Palavra e da Vida em Missão. A festa segue até o próximo dia 29, dia dedicado aos arcanjos; Miguel, Rafael e Gabriel.

Logo mais as 18hs,- Procissão das bandeiras, saindo do Cruzeiro de Frei Damião no Bairro Núcleo Sabino Leite para a Igreja Matriz. Missa e Abertura Oficial da Festa de São Miguel Arcanjo 2019, celebrante; Pe. Flávio Augusto (Paróquia de Santa Luzia - Mossoró e Vigário Geral da Diocese).


Redação 



Petrobrás eleva preço da gasolina em 3,5% e diesel em 4,2%



A alta do preço do petróleo no mercado internacional chegou ao Brasil. A Petrobrás reajustou os valores da gasolina em 3,5% e o óleo diesel em 4,2% em suas refinarias. A revisão, que valerá a partir da zero hora desta quinta-feira, 19, é uma reação ao atentado a refinarias na Arábia Saudita, que fez com que a commodity oscilasse até 20% na última segunda-feira. 
Nos últimos dois dias, o petróleo do tipo brent, comercializado na Europa, chegou a cair, mas não na mesma proporção da alta. A Petrobras, que mantém seus preços alinhados ao mercado internacional, chegou a manter os valores inalterados no início da semana, mas após questionamentos do mercado sobre uma possível ingerência do governo, reajustou os valores no mercado interno. 
A empresa tem especial interesse em demonstrar que possui independência e que a sua política de preços de combustíveis não está submetida a questões políticas. Caso contrário, não vai conseguir atrair investidores para comprar suas refinarias. 


Estadão Conteúdo

Após acordo com TST, Correios suspendem paralisação no RN e no Brasil



A greve dos trabalhadores dos Correios do Rio Grande do Norte e de todo o Brasil foi encerrada nessa terça-feira, 17. A paralisação teve início no dia 11 deste mês, orientada por líderes da categoria no âmbito nacional.
O fim da greve só foi possível devido a negociações e orientações do Tribunal Superior do Trabalho (TST), de acordo com o Sindicato dos Trabalhadores dos Correios do Rio Grande do Norte (Sintect-RN). A suspensão da paralisação se estenderá até o dia 2 de outubro, quando o Dissídio Coletivo será julgado.
Dentre as pautas levantadas pela categoria para justificar a greve estão a possível privatização da companhia, que foi proposta pelo governo federal, e o reajuste salarial em acordo com as oscilações do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT). 

Agora RN

quarta-feira, 18 de setembro de 2019

Moto é tomada em assalto na estrada que liga Pau dos Ferros a Encanto



Um assalto a mão armada foi registrado na RN 177, que liga a cidade de Pau dos Ferros  ao município do Encanto, por volta das 06h desta terça-feira (17).
De acordo com informações um casal ocupante de outra moto abordou um cidadão que seguia de Marcelino Vieira ao Encanto tomando de assalto a motocicleta Honda/CG 160  START, de cor preta, placa PMY 1I92, com inscrição de Marcelino Vieira/RN.
Após o roubo o casal tomaram rumo ignorado, a Polícia segue em diligências no intuito de identificar e prender o casal. 

Redação com Nosso Paraná

Mourão promete R$ 80 milhões a Fátima para segurança do Rio Grande do Norte





A governadora Fátima Bezerra e toda a sua equipe da Segurança Pública receberam o Presidente da República em Exercício, General Hamilton Mourão, que veio a Natal para cumprir agenda administrativa. Em uma rápida reunião de trabalho, o vice-presidente assegurou a liberação de R$ 80 milhões, que já estão empenhados, mas cujo repasse estava “travado” pelo Governo Federal.

A reunião ocorreu no Centro de Comando de Controle em que o secretário de Estado da Segurança Pública, Coronel Francisco Araújo, apresentou as estatísticas que comprovam a redução da criminalidade no RN, de janeiro a agosto de 2019, e descreveu um a um os convênios celebrados com a União para melhorar a estrutura da Segurança do Estado. “Houve uma preleção da governadora, que apresentou ao presidente a situação de calamidade em que recebemos o governo, falou dos aspectos negativos das estatísticas que apontam nosso estado como um dos mais violentos do País e pediu celeridade quanto à liberação dos recursos”, descreveu Araújo.

Presente à reunião, o secretário disse que o clima entre a governadora Fátima e o presidente Mourão foi tranquilo e os dois seguiram a bordo do mesmo veículo para a abertura do Encontro Econômico Brasil-Alemanha, que está sendo realizado no Centro de Convenções, motivo original da vinda do chefe em exercício do Executivo Federal a Natal. “A nossa governadora foi bem enfática quando explanou acerca de nossas dificuldades e o quanto estamos empenhados em fazer um trabalho de qualidade. Ele percebeu que nossa atuação é séria e isso com certeza foi levado em conta por ele, quando garantiu a liberação dos recursos”, concluiu.

O coronel Araújo expôs ao general Mourão as estatísticas dos oito primeiros meses do ano, quando houve redução acentuada de mortes por conduta letal. Em comparação ao mesmo período do ano passado, neste ano foram poupadas 429 vidas. Em 2019, o Rio Grande do Norte, de janeiro a agosto, houve queda de 30% no número de mortes violentas. O percentual de redução, 30%, foi acima da média nacional, de 22%. Foi a maior redução dos últimos cinco anos.

Entre as estratégias apresentadas que resultam na redução da criminalidade, ele informou sobre o melhor planejamento e emprego das instituições do Sistema Sesed (Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros e Itep – Instituto Técnico-Científico de Perícia); da criação de uma secretaria exclusiva para lidar com a administração penitenciária – Seap (Secretaria de Administração Penitenciária); e do maior controle do Sistema Prisional.

Araújo abordou, ainda, o fortalecimento da Delegacia voltada para investigar os casos de homicídios – DHPP (Divisão Especializada em Homicídios e Proteção à Pessoa); uma maior integração entre as forças de segurança do estado com as forças de segurança pública federais e defesa (como o Exército Brasileiro); e uma maior integração com o Ministério Público Estadual, através do Gaeco (Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado) e com o Poder Judiciário.

Acompanharam a governadora e o secretário Araújo o secretário-adjunto de Segurança, Osmir Monte; o secretário da Administração Prisional Pedro Florêncio; os comandantes da PM Alarico Azevedo e do Corpo de Bombeiros Militar do RN Luís Monteiro Júnior; a delegada-geral Ana Cláudia Saraiva Gomes; e o diretor do Itep Marcos Brandão.

O general Mourão estava acompanhado do seu chefe de gabinete, de assessores e embaixadores. Também participaram da reunião o superintendente da Agência Brasileira de Inteligência (ABIn) Herman Cuella; a superintendente da Policia Federal no RN Tânia Fogaça; e o superintendente da Polícia Rodoviária federal no RN Djairton Henrique Moura.

DETALHAMENTO DOS OITO CONVÊNIOS CELEBRADOS COM A UNIÃO

1. Fortalecer a Polícia Militar do Rio Grande do Norte por meio da aquisição de viaturas, armas, máquina de recarga de munição e equipamentos de proteção individual – R$ 29.977.330,89.

2. Modernizar O Centro de inteligência da Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social do Rio Grande do Norte – R$ 2.877.717,48.

3. Modernizar o Corpo de Bombeiro Militar do Rio Grande do Norte, por meio da aquisição de viaturas de combate a incêndio, resgate e salvamento – R$ 6.110.615,00.

4. Modernizar o Centro Integrado de Operações de Segurança pública (CIOSP), da SESED, por meio da ampliação da área de cobertura do sistema de radiocomunicação através da aquisição de Software e Torres Autoportantes – R$ 1.928.105,28.

5. Reaparelhar as delegacias operacionais da Polícia Civil do do Rio Grande do Norte por meio da aquisição de viaturas, armamento e equipamentos táticos operacionais e solução de tecnologia – R$ 12.209.780,77.

6. Modernizar o Centro Integrado de Comando e Controle Regional da SESED, por meio da atualização do Data center, da infraestrutura, e aquisição de materiais de informática – R$ 5.092.927,38.

7. Modernizar o Centro Integrado de Operações Aéreas – CIOPAER, da Segurança Pública e de Defesa Civil, através da aquisição de helicóptero – R$ 21.777.286,93.

8. Capacitação dos Policiais Militares do Rio Grande do Norte – R$ 297.100, 00 – Totalizando R$ 80.270.863,73.



G1 RN

'Maiores focos já foram debelados', diz Corpo de Bombeiros sobre incêndio que atinge a Serra do Lima, em Patu

Maiores focos de incêndio já foram apagados, segundo o Corpo de Bombeiros - Foto: CBM-RN



Segundo o Corpo de Bombeiros Militar, já foram apagados os maiores focos do incêndio que desde o início da tarde da segunda-feira (16) atinge a Serra do Lima, em Patu, no Oeste potiguar. Porém, ainda há alguns pontos onde é possível ver fogo e também ainda há fumaça na região.

Fogo chegou a pouco mais de 60 metros do Santuário do Lima - Foto: Bruno Campelo


Ao longo da madrugada, o trabalho de combate ao incêndio foi intenso. Cerca de 50 bombeiros, com o auxilio de policiais militares, equipes da prefeitura de Patu e voluntários lutaram para controlar as chamas antes que elas atingissem o Santuário de Nossa Senhora dos Impossíveis, igreja que fica no alto da Serra do Lima, principal ponto turístico da região. O fogo chegou a pouco mais de 60 metros do local.

Santuário do Lima fica a 6 quilômetros da zona urbana de Patu. É considerado um dos locais religiosos de maior visitação no interior do estado - Foto: Canindé Soares


Eleito pelo voto popular como uma das sete maravilhas do Rio Grande do Norte, o Santuário do Lima fica a 6 quilômetros da zona urbana de Patu. É considerado um dos locais religiosos de maior visitação no interior do estado.

"Havia riscos das chamas atingirem o santuário, mas foram neutralizadas. Assim que o reforço chegou dividimos vários grupos de combatentes e conseguimos neutralizar vários focos do fogo na madrugada", disse o capitão Neves Monteiro, do CBM.

Ainda segundo o oficial, a maior dificuldade da missão está no acesso aos locais onde ainda há focos de queimada. "As viaturas não chegam próximo do fogo e necessitamos voltar para abastecer as bolsas com água. Isso deixa o trabalho mais lento", acrescentou.

Não se sabe como o fogo começou e ainda não é possível dimensionar a área atingida, mas até o momento não há feridos e nenhuma edificação foi danificada.


G1 RN