segunda-feira, 27 de agosto de 2018

Multidão dá o último adeus ao fundador do Café Santa Clara em São Miguel



Na tarde de sábado (25), a população de São Miguel e demais cidades da região deram o seu último adeus a João Alves de Lima que faleceu na última quinta-feira (23) no hospital Sírio-Libanês em São Paulo.



O velório  de seu João Rufino aconteceu em  sua residência no centro da cidade, às 15:00hs houve a missa de corpo presente na Igreja Matriz de São Miguel Arcanjo celebrada pelos Padres; Valdeci Donato, José Mario e Talvacy Chaves, e em segunda o sepultamento no Cemitério Parque São Miguel Arcanjo no Bairro Sabino Leite.


História

Em 1959, João Alves de Lima, conhecido como João Rufino, deu início às atividades da empresa em São Miguel, Rio Grande do Norte, com a comercialização de café verde. Em 1961, ele comprou um moinho e passou a torrar e moer os grãos de café, surgindo assim o café Nossa Senhora de Fátima

Em 1970, a aceitação do produto aumentou e João Rufino passou a comprar o café verde diretamente nas regiões cafeeiras do país. Pouco depois, em 1973, João Rufino tornou-se um dos sócios-fundadores da Associação Brasileira da Indústria do Café (ABIC)

Em 1984, João Rufino passou o comando da empresa para seus filhos, Pedro, Paulo e Vicente Lima, que criam a JAL — João Alves de Lima Ltda., para comercializar o café Nossa Senhora de Fátima. No ano seguinte, em 1985, o café Nossa Senhora de Fátima foi renomeado para café Santa Clara.

No ano de 1988, a empresa implantou uma filial em Mossoró para venda e distribuição do produto, iniciando a expansão e consolidação da empresa no Rio Grande do Norte. Em 1989, foi inaugurada a fábrica em Eusébio, Região Metropolitana de Fortaleza, Ceará, e foi constituída a empresa Santa Clara Indústria e Comércio de Alimentos Ltda.Na época, o cantor Fagner tornou-se o primeiro garoto-propaganda da Santa Clara.

Em 1993, o Moinho Santa Clara foi instalado em Mossoró, um empreendimento voltado à fabricação de produtos derivados do milho, surgindo a marca Dona Clara. Em 1995, adotou-se Grupo Santa Clara como marca institucional. Em 1996, a Santa Clara assumiu o controle da marca de café Kimimo

Em 1999, foi criada a São Miguel Holding e Investimentos S.A., uma holding para gerenciar os negócios da família Lima. A marca de café Pimpinela, do Rio de Janeiro, foi incorporada pela empresa no ano de 2003, marcando, assim, a expansão dos negócios para a região sudeste. Em 2005, a Santa Clara ganhou o prêmio "Melhores do Agronegócio" da Editora Globo.

Em 2010, o grupo decidiu alterar sua marca institucional para 3corações, enquanto que sua razão social passou a ser denominada Três Corações Alimentos S.A. 

A estratégia de expansão através de aquisições continuou nos anos seguintes. Em 2014, a 3corações anunciou a aquisição da marca de café e cappuccino Itamaraty. Uma das últimas aquisições do grupo 3corações foi a Cia. Iguaçu de Café Solúvel, proprietária das marcas IguaçuCruzeiro e Amigo, no ano de 2016. 

Em 2016, fechou um acordo para ser a fornecedora de café, com a marca 3 Corações, dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos da Rio 2016.


Redação com São Miguel em Alta