sexta-feira, 1 de fevereiro de 2019

Ainda em construção no RN, barragem de Oiticica acumula 5 milhões de metros cúbicos de água

Trecho da barragem de Oiticica tem 5 milhões de metros cúbicos de água - Foto: Reprodução


Com 70% de obras realizadas - pelo menos na parte estrutural - a barragem de Oiticica, em Jucurutu, região Oeste potiguar, acumula 5 milhões de metros cúbicos de água, segundo a Secretaria Estadual de Recursos Hídricos do Rio Grande do Norte. Isso representa menos de 1% da capacidade total prevista para a barragem, mas a imagem já chama a atenção de quem visita a região.

Um vídeo feito pelo secretário do Comitê da Bacia Hidrográfica Piancó-Piranhas-Assu e assessor do movimento dos atingidos pela construção do Complexo Barragem de Oiticica, Procópio Lucena, mostra uma calha secundária da barragem, com a água prestes a "sangrar".

“É esta calha que ficará aberta para o escoamento das águas do rio Piranhas até que todas as obras sociais do Complexo barragem de Oiticica sejam concluídas. Só após isso, ela será fechada. Fruto das chuvas as águas desta calha, a água está transbordando em direção a Jucurutu-Barragem Armando Ribeiro”, afirmou Procópio.

A imagem foi confirmada pelo secretário de Recursos Hídricos, João Maria Cavalcanti. De acordo com ele, trata-se do braço esquerdo do rio, que foi deixado com a "cota" (altura) mais baixa justamente para sangrar e não atrapalhar os serviços que estão sendo feitos em outras partes da barragem. "A cota nessa parte está em 88, até que a obra termine. Então ela irá para 115 - um metro a mais que a principal, que vai ter um 114", explicou o secretário.

A "sangria" na região não causa risco às obras, nem aos moradores da região, segundo o secretário. De acordo com ele, na repactuação da obra ficou definido o prazo até dezembro deste ano para que a barragem seja concluída. Ainda segundo ele, o que mais o preocupa atualmente são as obras "sociais", que envolvem transferência de moradias, por exemplo.

"As obras sociais estão um pouco mais atrasadas. Vamos nos empenhar mais nessa parte para poder concluir o quanto antes", disse o secretário.

Projeto de sete décadas

Mais R$ 239 milhões para a obra foram disponibilizados pelo governo federal, no final do ano passado. O dinheiro vai ser liberado de acordo com o avanço das obras, totalizando R$ 550 milhões investidos. Os recursos iniciais não foram suficientes porque serviços e estudos complementares que não estavam previstos no projeto original apareceram ao longo do tempo.

Oiticica fica no município de Jucurutu, distante 260 quilômetros de Natal. Quando pronta, beneficiará aproximadamente 330 mil pessoas com oferta de água nas regiões do Seridó, Vale do Açu e região Central. Com capacidade total para 560 milhões de metros cúbicos de água, ela será o terceiro maior reservatório do estado. A barragem vai receber águas do Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco.

A barragem foi idealizada há quase 70 anos, mas só começou a ser construída em 2013. Inicialmente, tinha previsão de conclusão para 2015. Quando pronta, Oiticica terá uma extensão de 7 quilômetros. O paredão principal, de concreto compactado a rolo, tem cerca de 4,5 km de extensão.

G1 RN