sexta-feira, 15 de março de 2019

Polícia prende sargento PM acusado de matar universitária Zaira Cruz

Pedro Inácio Maria havia admitido ter sido o último a ter contato com a universitária, dentro do carro dele, onde ela foi encontrada morta na manhã do sábado de carnaval em Caicó



As Policia Civil e Militar, com ordem judicial, prendeu o sargento da PM Pedro Inácio Maria, principal suspeito de ter matado a universitária Zaira dos Santos Cruz, no sábado de Carnaval, em Caicó-RN.
A prisão aconteceu por volta de 5 horas da manhã desta sexta-feira, 15, na residência dele, em Currais Novos. O cadeado da casa foi estourado e o PM detido, algemado e conduzido a Natal.
A informação é de Cleto Filho, da Sids TV, de Currais Novos.
A investigação transcorreu em segredo de Justiça, na Delegacia de Caicó. A princípio, a morte de Zaira Cruz, que cursava engenharia química na UFERSA em Mossoró, era o mais completo mistério.
Zaira Cruz havia sido encontrada morta na manhã do sábado de carnaval dentro do carro do PM Pedro Inácio em frente a uma residência alugada por amigos que foram brincar o carnaval em Caicó.
O delegado de Caicó, Leonardo Germano, ouviu o depoimento de todos que estavam na casa, inclusive do próprio PM Pedro Inácio, que negou participação no crime. Disse que não conseguia entender como Zaira morreu.
Entretanto, o laudo do Instituto Técnico-científico de Perícia (ITEP) apontando que ela havia sido assassinada por asfixia e por meio cruel foi divulgado em primeira mão pela jornalista Roberta Trindade, de Natal.
A Policia Civil deve conceder entrevista coletiva ainda hoje para falar sobre a operação que resultou na prisão do Sargento PM Pedro Inácio, principal acusado de matar a jovem Zaira Cruz, que se formaria este ano em engenharia química. 

Fonte: Mossoró Hoje