quarta-feira, 10 de julho de 2019

Após sete anos, população de Pilões volta a ter água nas torneiras

Centro da cidade de Pilões-RN-foto/Reprodução


Abrir a torneira e sair água, esse gesto simples e cotidiano não era possível há aproximadamente sete anos para a população de Pilões, distante 380 km da capital. O município, que era abastecido pelo açude Pilões, foi afetado pela seca prolongada. Os efeitos da crise hídrica foram sentidos pelos 3500 pilonenses. 
Mas a realidade mudou, nos últimos dias com os esforços do Governo do Estado, através da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern), a água está voltando às torneiras. Para tirar a cidade do colapso de abastecimento foram feitas obras para trazer água do açude de Marcelino Vieira. 
Devido ao tempo em que o sistema de abastecimento esteve desativado, a Caern está trabalhando em sua manutenção, retirando vazamentos e fazendo os ajustes necessários para abastecer todos os pilonenses. Além disso, a Companhia irá trabalhar na extensão de rede para atender a expansão da cidade, registrada nos últimos anos. 
Com a saída de Pilões da lista de colapso, a Caern envidará esforços para a retirada dos últimos dois municípios desta situação: Paraná e São Miguel. Mesmo sabendo que a população desta região sabe a importância de cada gota de água, a Caern reforça que o uso racional da água é essencial. 
MARCELINO VIEIRA
A rede de abastecimento da cidade Marcelino Vieira foi ampliada para não haver impacto gerado pelo fornecimento de água para Pilões.
Blog do JP.