sexta-feira, 25 de outubro de 2019

Óleo chega a duas praias da Costa Branca potiguar

Pequenas manchas de óleo apareceram na Costa Branca potiguar - Foto: Misael Alcantara


Pequenas manchas de óleo apareceram na Costa Branca potiguar na manhã desta quinta-feira (24). A substância foi vista na praia da cidade de Grossos e também na Praia de Gado Bravo, no município de Tibau. Desde o começo dos registros no litoral potiguar, a região ainda não tinha sido atingida pelo óleo.
O Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema) diz que aparição das novas marcas de óleo são preocupantes. O Idema afirma que vai iniciar um monitoramento na área, pois, apesar de ainda serem de pequenas manchas, o Instituto teme que a situação possa se agravar, aumentando o volume.
Há poucos dias, manchas de pequena proporção também apareceram no município cearense de Icapuí, que faz divisa com Tibau. Na cidade potiguar, o óleo foi visualizado por moradores, durante a maré baixa.
Ainda de acordo com o Idema, a Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn) havia alertado no início da semana para a mudança na direção dos ventos, que começaram a soprar para o norte e poderiam deslocar as substâncias no mar. Os novos registro no litoral Norte do estado podem ser um indício desse alerta.
As manchas de petróleo em praias do Nordeste já atingiram 225 localidades em 80 municípios de 9 estados desde o final de agosto. Os estados em que elas apareceram são Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe.
A substância é a mesma em todos os locais: petróleo cru. O fenômeno tem afetado a vida de animais marinhos e causado impactos nas cidades litorâneas. A origem da substância poluente está sob investigação.

G1 RN