quarta-feira, 16 de outubro de 2019

Tragédia de José da Penha: empresário Gladyson Sarmento se apresenta à polícia



O empresário Francisco Gladyson Jácome Abrantes Sarmento, de 48 anos de idade, se entregou à polícia de Sousa, Sertão da Paraíba, na tarde desta terça-feira (15). Contra ele havia um mandado de prisão expedido pela justiça da comarca de Pau dos Ferros, no Rio Grande do Norte.
Vítimas fatais 

Natural de Tenente Ananias-RN e residente em Sousa, Sertão da Paraíba, Gladyson Jácome é acusado de provocar a morte de cinco pessoas entre 16 e 28 anos de idade, na noite do dia 24 de agosto deste ano, quando dirigia uma caminhonete Hilux, na BR 405, próximo ao município de José da Penha, no Alto Oeste potiguar.
O delegado Vicente Honório Filho informou que o empresário ficará preso na Colônia Penal de Sousa, tão logo seja realizado o exame de corpo delito. “Ele ficará preso aqui, mas à disposição da justiça do Rio Grande do Norte”, falou a autoridade policial.
No dia 27 do mês passado, a defesa do empresário ainda solicitou a revogação da prisão. O feito foi apreciado pelo juiz Osvaldo Cândido de Lima Júnior, o qual negou a pretensão de relaxamento da prisão.
“ISTO POSTO, INDEFIRO o pedido de restituição, bem como o pedido de revogação da prisão preventiva pleiteados, mantendo a prisão anteriormente decretada, nos termos dos arts. 311, 312 e 313 do Código de Processo Penal”, diz um trecho da decisão do magistrado.
Anteriormente, Gladyson havia tentado sem sucesso, um salvo conduto para evitar a sua prisão, porém todas as tentativas foram negadas pelo Tribunal de Justiça, em Natal, e pelo Superior Tribunal de Justiça, em Brasília.


Blog do JP