sexta-feira, 7 de fevereiro de 2020

Há 76 anos era celebrada a 1ª Missa na Capela de Santa Luzia em Rafael Fernandes



Em um século de fé e devoção á virgem de Siracura, a cidade de Rafael Fernandes no Alto Oeste do RN, tem nesta data um fato histórico a ser lembrado. Em 07 de fevereiro de 1944, era celebrada a primeira missa na Capela de Santa Luzia, pelo Pe. Monsenhor Caminha Freire de Andrade (in memoriam), na época pároco de Pau dos Ferros.

A construção da capela teve início em 1942,  em estilo de mutirão pelos moradores da Vila Varzinha (na época). O Terreno doado, e o sino trazido por carros de boi, vindo da cidade de Mossoró.

Desde o ano de 1917, quando teve início o novenário em honra à Santa Luzia, as celebrações eram feitas nas residências dos moradores. Tudo começou quando naquele ano, a Sra. Umbilina Maria da Conceição, acometida por um problema de visão, apegando-se a Santa Luzia, prometeu-lhe que se curada fosse, celebrava um novenário no período de (03 à 13/12), data das festividades em Mossoró. Assim curada, Umbilina deu início ao que mais tarde se tornaria, em uma das maiores devoções a Santa Luzia, no estado do Rio Grande do Norte. 

Hoje passados 102 anos de fé e devoção, celebramos os 76 anos de construção da Igreja de Santa Luzia de Rafael Fernandes-RN, templo sagrado a qual nossa terra se orgulha por tê-la como protetora.


Douglas Diógenes