segunda-feira, 9 de março de 2020

Alegria do sertanejo, chuva provoca sangria de açudes no interior do RN

Sangria de açudes anima sertanejo no interior do RN - Foto: Reprodução


A chuva que caiu nos últimos dias animou o sertanejo no Rio Grande do Norte. Se nas áreas mais urbanas, um grande volume de água pode causar prejuízos, no interior ela tem feito açudes sangrarem, para alegria da população, que viveu pelo menos sete anos de seca. Veja nos vídeos acima.
Com as chuvas dos últimos dias, o açude de Riacho da Cruz sangrou neste sábado (7). A água da cachoeira do Pinga, em Portalegre, também mudou o cenário local. Um balanço sobre o volume das chuvas do fim de semana deve ser divulgado pela Empresa de Pesquisas Agropecuárias do Rio Grande do Norte (Emparn) nesta segunda-feira (9).
De acordo com o setor de meteorologia da estatal, o mês de fevereiro teve 14,9% mais chuvas do que a média esperada para o Rio Grande do Norte. A média foi de 110,9 milímetros enquanto que o esperado era de 93,6mm. Mais de 90 municípios registraram chuvas de normal a acima do normal neste período. As chuvas também tem banhado o estado no início de março.
As regiões Oeste e Central são onde as precipitações estão melhor distribuídas com média de 177,1mm e 104mm, respectivamente. Em fevereiro, o município de Martins registrou 386,8 mm e Rafael Godeiro, 311,9mm, seguidos por Messias Targino (307,5mm).

G1 RN