quarta-feira, 29 de abril de 2020

35% das cidades do RN têm casos confirmados de coronavírus; veja lista

RN tem casos confirmados em 59 cidades e mortes em 21 - Foto: Sesap/Reprodução


O Rio Grande do Norte tem 857 pessoas diagnosticadas com coronavírus e 48 mortes pela doença, de acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesap) nesta terça-feira (28). No total, 59 dos 167 municípios do estado têm casos confirmados da Covid-19.

Natal, com 402, e Mossoró, com 117, são as cidades com os maiores números de casos. Parnamirim e São Gonçalo do Amarante, cidades da Grande Natal, têm 97 e 42 casos, respectivamente. Assu, na região Oeste, possui 31 casos.

MAPA DO CORONAVÍRUS: as cidades com infectados e o avanço dos casos
Acompanhe as notícias sobre coronavírus no RN em tempo real
Veja mudanças no funcionamento de órgãos públicos e outros serviços no RN

Cidades do RN com casos confirmados de Covid-19

Acari - 1
Assu - 31
Alexandria - 1
Alto do Rodrigues - 2
Apodi - 11
Areia Branca - 5
Arês - 1
Baía Formosa - 1
Baraúna - 1
Barcelona - 1
Bento Fernandes - 2
Caicó - 1
Campo Redondo - 1
Canguaretama - 11
Caraúbas - 1
Carnaúba dos Dantas - 1
Carnaubais - 1
Ceará-Mirim - 11
Cerro Corá - 1
Coronel João Pessoa - 1
Currais Novos - 2
Encanto - 4
Extremoz - 11
Fernando Pedroza - 1
Guamaré - 1
Ielmo Marinho - 1
Ipanguaçu - 4
Itajá - 1
Jaçanã - 3
João Câmara - 2
Lagoa de Pedras - 1
Lajes Pintadas - 2
Luís Gomes - 1
Macaíba - 16
Montanhas - 1
Monte Alegre - 4
Mossoró - 117
Natal - 402
Nísia Floresta - 5
Ouro Branco - 1
Parnamirim - 97
Passa e Fica - 1
Pau dos Ferros - 3
Poço Branco - 1
Santa Cruz - 8
Santa Maria - 1
Santo Antônio - 6
São Gonçalo do Amarante - 42
São José de Mipibu - 8
São Miguel - 2
São Miguel do Gostoso - 1
São Pedro - 1
São Rafael - 3
Serra de São Bento - 1
Serra Negra do Norte - 1
Taipu - 1
Tenente Ananias - 2
Tibau - 2
Touros - 1

Entre os 857 casos confirmados, 848 casos são de residentes no Rio Grande do Norte e nove são de indivíduos residentes em outros estados brasileiros, que foram atendidas em solo potiguar.

G1 RN