sexta-feira, 17 de abril de 2020

Mandetta é demitido do Ministério da Saúde e Nelson Teich assume

O presidente Jair Bolsonaro e o agora ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. A relação dos 2 enfraqueceu depois da chegada do coronavírus no Brasil




O presidente Jair Bolsonaro demitiu nesta quinta-feira (16) o ministro Luiz Henrique Mandetta (Saúde). Os dois tiveram reunião no Palácio do Planalto nesta tarde. O oncologista Nelson Teich, que também foi recebido pelo presidente nesta quinta-feira, assumirá o posto. A troca foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União.

Segundo apurou o Poder360, Teich agradou muito a todos os presentes na reunião. Além de Bolsonaro, 8 ministros estavam na sala. Todos gostaram da conversa.

O presidente refletiu durante a hora do almoço e resolveu decidir de uma vez, sem falar com os demais candidatos ao cargo de ministro da Saúde. A ideia era ficar prospectando mais alguns dias.

A demissão do ministro da Saúde ocorre em meio à pandemia de covid-19, que já provocou 1.924 mortes no país.

Pelo Twitter, Mandetta agradeceu sua equipe na pasta e desejou “êxito” ao seu sucessor.

“Quero agradecer a oportunidade que me foi dada, de ser gerente do nosso SUS, de pôr de pé o projeto de melhoria da saúde dos brasileiros e de planejar o enfrentamento da pandemia do coronavírus, o grande desafio que o nosso sistema de saúde está por enfrentar“, escreveu.



Poder360