terça-feira, 14 de abril de 2020

RN está em primeiro lugar do Nordeste na vacinação contra a influenza



O Rio Grande do Norte alcança resultado satisfatório na primeira etapa da vacinação contra a influenza, ocupando, na manhã desta segunda-feira (13), o primeiro lugar no Nordeste e o terceiro lugar no Brasil, com índice de 50,12% de cobertura vacinal.
“É um dado bastante positivo, visto que estamos bem acima da média nacional, que está em 42,8%, e da média do Nordeste, que está em 41,3%”, explica a coordenadora do programa estadual de imunização, Katiúcia Roseli.
Ela explica que mesmo com o encerramento da primeira etapa, os idosos e profissionais de saúde podem tomar a vacina. “A vacinação acontece de forma cumulativa, então os grupos da primeira etapa podem se vacinar até o final da campanha. A organização das datas foi feita para evitar aglomerações, mas as doses continuam disponíveis”.
A segunda etapa da vacinação acontece a partir do dia 16 de abril, quando devem tomar a vacina os profissionais das forças de segurança e salvamento, doentes crônicos, caminhoneiros, motoristas de transporte coletivo e portuários.
A terceira fase acontecerá no período de 9 a 22 de maio, voltada para a vacinação de professores, crianças de seis meses a menores de seis anos, grávidas, mães no pós-parto, população indígena, pessoas acima de 55 anos e pessoas com deficiência.
A meta é vacinar, pelo menos, 90% de cada um desses grupos, até o dia 22 de maio. Este ano, no Estado, 1.108.180 pessoas estão previstas serem vacinadas. Para isso, o Ministério da Saúde enviará 1.214.800 doses, que garantirão a vacinação de 100% do público-alvo para a campanha.
Como forma de garantir a vacinação contra a influenza e conter a pandemia da Covid-19, a Sesap tem orientado os municípios a montar estratégias para evitar aglomerações, como o aumento da quantidade de locais disponíveis à população, além de medidas para prevenção dentro das unidades. 
Agora RN