quinta-feira, 2 de abril de 2020

Suspeito de roubo a casa lotérica de Alexandria foi preso em Goiás



Na manhã desta quarta-feira(01), enquanto realizavam rondas de rotina, uma equipe da polícia militar de Goiás, depararam-se com um jovem em atitude suspeita, no bairro denominado Paquetá.
De pronto, os policiais da guarnição ao interpelarem, constataram ser Davi Pereira de Sousa, que nada portava de ilícito.
Ao questionar o que fazia sozinho naquele local, Davi afirmou esperar um tio. Neste exato momento, um homem passou na pista contrária e observando a presença da PM com Davi, aparentou nervosismo, inclusive mudando de trajeto. O que fez com que a polícia o abordasse também. O citado apresentou um documento de identidade, onde somente constava como suposto nome, Francisco Carlos, sem filiação alguma. O que levou suspeita maior. Francisco estava de pose de um aparelho celular, com foto de uma mulher, a qual ele não soube explicar quem seria ou mesmo o número do aparelho que portava.
Já em procedimento investigatório de maior envergadura, a PM constatou por meio do nome da mãe adotiva do mesmo, que havia um mandato de prisão em aberto, expedido pela comarca de Alexandria, sendo o Francisco acusado de ser um dos autores do assalto a casa lotérica desta cidade potiguar, no dia 02 de outubro passado.
A guarnição deslocou-se até a residencia do Davi Pereira, e novamente nada de ilícito foi localizado. Sendo assim, liberado pela PM.
Francisco Carlos foi conduzido para o exame de corpo de delito, não sendo constatado nenhuma lesão proveniente da prisão, o foragido da justiça foi levado para o CIOSP, para o cumprimento de prisão e em seguida para o presídio daquele município goiano. 

RN Política em dia