quinta-feira, 4 de junho de 2020

Prefeito Bruno Anastácio recebe apoio do Ex-vereador Antônio Filho; baixa no grupo de oposição favorece projeto de reeleição do gestor do DEM

(Da esquerda para direita ) Prefeito Bruno ao lado de Antônio Filho e o Vice Sérgio Sena



O prefeito de Rafael Fernandes, Bruno Anastácio (DEM), ganhou nesta quarta-feira (03) o apoio do ex-vereador Antônio Carneiro Filho (PSB) à sua pré-candidatura à reeleição que, também, vem recebendo quase que diariamente importantes apoios de lideranças comunitárias, embora o gestor, até em respeito à legislação eleitoral, tenha optado por não propagandear tanto a chegada de novos simpatizantes de sua administração.

Vale ressaltar que o ex-vereador Antônio Filho já exerceu o cargo de presidente da Câmara Municipal, inclusive tendo recebido expressiva votação quando concorreu ao Legislativo.

Em 2016, Antônio Carneiro filho lançou sua filha Murccia Carneiro como candidata a prefeita, sendo que ela chegou a alcançar o patamar considerável de 1.668 votos que, obviamente, teve influência direta do pai, que à época ficou impossibilitado de disputar o pleito. O resultado final foi favorável ao atual prefeito Bruno que, agora, segue com seu projeto de reeleição mais forte do que nunca.

Em Rafael Fernandes, comenta-se que Antônio Filho resolveu abandonar o "barco" do grupo de oposição à gestão municipal, principalmente, por ter enxergado nos recentes acontecimentos envolvendo o grupo oposicionista como um verdadeiro ajuntamento de políticos que estão apenas em busca de viabilizar um projeto de poder; e o que é pior, sem focar na elaboração de uma agenda administrativa para o futuro da cidade.

Antônio Filho chega para apoiar o prefeito Bruno Anastácio juntamente com grande parte de sua família, além de vários correligionários que acompanham as suas orientações em todas as eleições no município.

Enquanto isso, o cenário no grupo de oposição é de preocupação, já que avaliações internas colocam o prefeito Bruno Anastácio muito bem avaliado pela população, fato que, indubitavelmente, levou o presidente da Câmara, vereador Jório Cézar a recuar de sua pré-candidatura ao Executivo para "bater esteira" como pré-candidato a vice-prefeito na chapa que terá o militar Sigmar Oliveira como pré-candidato a prefeito.

"Corre à boca miúda" que a união de Jório e Sigmá só ocorreu porque o prenúncio de um desastre nas urnas por parte de ambos (verificados em pesquisas internas), foi visto como um fato inevitável, algo que quase todo mundo anda especulando e até afirmando em redes sociais. De minha parte, que fique claro: não posso afirmar, e tampouco descartar esta especulação.

Agora, com o anúncio do apoio do ex-vereador Antônio Filho ao prefeito Bruno Anastácio, os situacionistas deverão comemorar e muito o fortalecimento do grupo, enquanto que os oposicionistas terão que trabalhar ainda mais um bocado para tentar, ao menos, competir em "pé de igualdade" com o atual gestor nas eleições municipais que: detalhe: não tem data confirmada para acontecer.

Em suma, é isto.

fonte: Política Pau-Ferrense