quinta-feira, 14 de novembro de 2019

RN não recebe recursos para obras da Transposição do Rio São Francisco

Transposição do Rio São Francisco


O Rio Grande do Norte não será contemplado no aporte de recursos na ordem de R$ 144 milhões para a execução das obras do Projeto de Integração do  Rio São Francisco (PISF). A informação é do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), que disse ainda, em nota enviada à TRIBUNA DO NORTE, que “não há previsão de novos  repasses” para o Estado. As obras são tocadas pelo Governo Federal.
No Estado, as águas do “Velho Chico” ainda não têm uma previsão certa para chegar. As águas, que vão vir do Eixo-Norte do projeto, irão entrar no RN por dois canais: o ramal do Apodi e o Rio Piranhas-Açu, esta última que levará as águas à Barragem Armando Ribeiro Gonçalves.
De acordo com o titular da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh), João Maria Cavalcanti, não existe previsão por parte do Governo Federal para executar as obras do ramal do Apodi, uma das portas de entrada dessas águas. Havia um recurso disponível na ordem de R$ 5 milhões, mas João Maria classificou como “irrisório” para o começo das atividades. Seriam necessários, segundo ele, pelo menos R$ 2 bilhões, todos advindos do Governo Federal. “Esses R$ 5 milhões não eram suficientes nem para iniciar a obra. O ramal de Apodi não existe previsão do Governo Federal de executar a obra. Eles não disseram a gente que iam fazer nem no próximo ano nem em 2021” explica João Maria Cavalcanti.

Tribuna do Norte