terça-feira, 28 de abril de 2020

Reservatórios hídricos do RN atingem maior volume de armazenamento desde 2012

Açude Santana (Gangorra), em Rafael Fernandes atingiu 97.67% nesta segunda-feira,
Foto: Douglas Diógenes


Os reservatórios hídricos do Rio Grande do Norte atingiram a melhor marca de armazenamento desde 2012, segundo levantamento do Instituto de Gestão das Águas (Igarn), que acompanha a situação volumétrica dos reservatórios do estado.
Segundo o Relatório do Volume dos Principais Reservatórios Estaduais, atualizado nesta segunda-feira (27), os principais mananciais potiguares continuam recebendo grande aporte hídrico. As reservas hídricas superficiais totais do Estado já somam 2.008.669.228 m³, percentualmente, 45,89% da capacidade total de armazenamento das principais barragens estaduais que é de 4.376.444.842 m³.
Armando Ribeiro Gonçalves, em Assu – 1.163.336.253 m³ (49,02% cheio);
Umari, em Upanema – 230.362.564 m³ m³ (78,67% cheio);
Santa Cruz do Apodi, em Apodi – 213.173.540 m³ (35,55% cheio);
Mendubim, em Assu – 77.357.134 m³ (100% cheio);
Barragem Pau dos Ferros, em Pau dos Ferros – 16.535.048 m³ (30,15%% cheio).
Em março deste ano, o Rio Grande do Norte chegou a 30,56% de sua capacidade hídrica total, segundo o Instituto de Gestão das Águas (Igarn). De acordo com o relatório do divulgado pelo órgão, o volume de água somado dos 47 reservatórios do estado potiguar atingiu 1.337.632.792 m³. 
Do Portal
Acrescentamos também a esta matéria, os dados do Açude Santana (Gangorra), em Rafael Fernandes, que já atingiu cerca de 97,67 %, de acordo com a última medição feita nesta segunda (27), pelo IGARN, lembrando que de ontem para hoje (terça), o reservatório aumentou o nível, faltando apenas 0,2 cm nesta manhã.

G1 RN