Business

header ads

Mulher é presa com 3,5 kg de maconha no aeroporto de Natal

 


Uma mulher de 33 anos foi presa em flagrante pela Polícia Federal na tarde desta quinta-feira (4), acusada de tráfico de drogas, no Aeroporto Internacional Aluízio Alves, em São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal. A suspeita, uma confeiteira amazonense, carregava 3,5 kg de maconha escondidos em uma mala.

De acordo com a Polícia Federal, a prisão ocorreu durante ação de repressão ao tráfico de entorpecentes com ajuda de cães detectores de drogas. O cão Iron indicou a presença de drogas na bagagem de mão da mulher que havia desembarcado de um voo procedente de Manaus, e que aguardava para pegar uma outra bagagem na esteira.

Diante da suspeita, os policiais esperaram que ela pegasse a outra bagagem despachada e, em seguida, foi feita a abordagem. Segundo a PF, ao ser questionada sobre o que havia na mala, a suspeita confessou a existência de drogas. Foram encontrados sete tabletes de droga, envoltos em plástico.

A mulher recebeu voz de prisão e foi encaminhada para autuação na Superintendência da Polícia Federal. Em depoimento, de acordo com a Polícia Federal, ela disse que recebeu a mala de uma pessoa desconhecida em Manaus, com a promessa de que receberia uma gratificação de R$ 3 mil, além dos custos da viagem, para que entregasse a maconha em Natal a uma pessoa que a procuraria logo que chegasse.

Após passar por exame de corpo de delito no Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep), a suspeita se encontra custodiada na sede da PF, à disposição da Justiça.

G1 RN

Postar um comentário

0 Comentários