segunda-feira, 16 de junho de 2014

Rosalba Ciarlini perde na convenção do DEM e não terá legenda para tentar reeleição




Final da convenção do Democratas. Por 121 votos favoráveis a prioridade para eleção proporcional e 63 votos pela reeleição de Rosalba Ciarlini, prevaleceu à tese do senador José Agripino Maia de fazer coligação para deputado federal e estadual com o PMDB, PR, PROS e PSB.

A convenção estadual do Democratas ocorreu em clima tenso porque os dois principais líderes do partido no Rio Grande do Norte assumiram posições distintas. O senador José Agripino Maia, presidente estadual e nacional do partido, defendeu o lançamento de chapa apenas proporcional, com uma aliança com o PMDB, PROS e PR. Já a governadora Rosalba Ciarlini pleiteou a reeleçião.

O principal argumento da assessoria jurídica do DEM nacional é que Rosalba apresentou apenas o nome para disputar o Governo e o estatuto do partido exigiria a chapa completa.


O advogado Fabrício Medeiros, advogado do diretório nacional do DEM, disse que o regimento exigia a apresentação, para convenção estadual da chapa completa. Já o advogado Tiago Cortez, que defende a governadora Rosalba Ciarlini, apresentou a tese de que “não há chapas completas, porque candidatos não estão lançados”, comentou.





fonte: Blog do JP.
imagem: Pesquisa Google