quinta-feira, 31 de julho de 2014

Usuários questionam tratamento recebido na Secretaria de Saúde de Pau dos Ferros





Através das Redes Sociais, além de contato telefônico e por e-mail, moradores relataram ao blog sobre o atendimento que vem sendo dado aos usuários que buscam os serviços oferecidos na Secretaria de Saúde de Pau dos Ferros.

Através de fotos, eles mostraram diversos usuários na fila, desde o dia anterior, para guardar o lugar e ter o seu procedimento autorizado, ou não, por aquela repartição municipal.

Um dos usuários flagrados na fila chegou à frente da Secretaria de Saúde, às 16hs do dia anterior, para garantir a sua vaga, visto que o mesmo foi na madrugada da semana anterior, e não ficou entre as fichas que são disponibilizadas.

Outro caso que chamou a atenção, foi o de uma grávida que teve que ficar, desde a noite anterior, exposta ao tempo, para também obter o seu atendimento.

O número de fichas entregues (30 para idosos e 30 para os demais) segundo os próprios usuários, é insuficiente. “Até bem pouco tempo, todas as pessoas eram atendidas. Agora, só através deste número de fichas, o que dificultou e muito conseguir a autorização”, confirmou o usuário.

O mesmo sistema de fichas vem sendo utilizado em algumas Unidades de Saúde, com um número mínimo de vagas, o que tem deixado diversos usuários sem atendimento. E uma das unidades mais criticadas é a do antigo SESP, no bairro Princesinha do Oeste.

Estas situações nos remetem a pensar no caso das pessoas mais debilitadas que não podem passar a madrugada ao relento, para serem atendidas. Esta nova metodologia adotada pela Prefeitura, com certeza, precisa ser revista para não prejudicar os usuários.


O OUTRO LADO – O blog do JP, entrou em contato com a atual Secretária de Saúde de Pau dos Ferros, Patrícia Leite, para obter esclarecimentos sobre esta situação, porém, não obtivemos retorno até o momento desta postagem. Por isso, o blog deixa os seus canais de contato para possível esclarecimento.


Fonte/imagens: Blog do JP.