quinta-feira, 5 de abril de 2018

Por seis votos a cinco, Supremo nega habeas corpus a Lula



Os ministros do Supremo Tribunal Federal decidiram nesta quarta-feira, por 6 votos a 5, negar o pedido de habeas corpus do ex-presidente Lula.
Com a decisão, ele fica sujeito à execução provisória da pena. O petista foi condenado em segunda instância a mais de 12 anos de prisão.
Votaram contra a concessão do HC os ministros Edson Fachin, Alexandre de Moraes, Luís Roberto Barroso, Rosa Weber, Luiz Fux e Cármen Lúcia.
Do outro lado, votaram Gilmar Mendes, Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski, Marco Aurélio Mello e Celso de Mello.